segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

INVASÃO DE PRIVACIDADE

ACHEI estranho um fato que foi abordado nessa segunda, 31, em um dos blogs aqui da região (blog fogo cruzado). O referido mostra o ex-prefeito Clemenceau Alves só de calção, observando e conversando com tratoristas que cortavam terras a mando da prefeitura de Angicos.

Um trecho da matéria do blog citado diz: “No sábado, 29, o trator estava fazendo o corte de terra na fazenda do ex-prefeito Clemenceau Alves, que na foto observa o trabalho sendo realizado. Segundo a secretária (de agricultura), Jailma Silva de Araújo, a determinação do prefeito Ronaldo Teixeira é para atender a todos. “As solicitações estão sendo atendidas, para isso, contamos com quatro tratores realizando o corte de terra”, salienta a secretária Jailma”.

Alguns pontos me chamaram atenção, como por exemplo: foram cortadas terras por todas as partes do município, mas só aparecem fotos na matéria do ex-prefeito observando o trator ou conversando. Nenhuma outra terra cortada ou agricultor beneficiado foi enfocado. Apenas clemenceau. Outro ponto foi que a própria Secretária de Agricultura, dona Jailma Silva de Araújo fez as fotos, que posteriormente foram estampar a página eletrônica do blog já citado.

Eu então liguei para o ex-prefeito Clemenceau Alves que prontamente conversou comigo.

Eu perguntei a ele sobre o pedido para tratores cortarem suas terras pelo município e ele me disse que não tinha pedido trator algum, que foram agricultores que se utilizam das suas terras na época do inverno para plantar roçados.

“Carlos, eu fico surpreso ao ver esse tipo de coisa acontecendo. Na minha fazenda, eu não cobro meia, terça ou o que for. Aqui eu dou de graça para os agricultores plantarem, não sou igual a muita gente que exige partilha de safra. O que aconteceu é que eu estava na fazenda e fui ver os tratores cortando as terras, porque gosto dessa atividade. Nunca imaginei que seria fotografado sem saber e depois exposto como fui, sem ser comunicado.”

O ex-prefeito ainda me explicou que ficou chateado com a invasão da sua privacidade, pois estava dentro da sua propriedade particular no momento em que foi fotografado sem permissão. Ele acha esse tipo de coisa, algo pequeno, sem ética, acha que a secretaria faltou com o respeito a sua pessoa.

O fato é que esse blog (fogo cruzado) parece ter um gosto especial para a depreciação de Clemenceau Alves. Nunca tem um elogio ou destaque para qualquer ação positiva deste, apenas para falar mal ou negativar a imagem do político.

MATRÍCULAS ENCERRANDO

Ufersa: Matrículas continuam abertas e hoje é o último dia.

O campus de Angicos ainda tem vaga e o pessoal que conseguiu vaga através do SISU deve procurar a universidade para não perder a conquista.

Quem alerta é a direção do campus! Não perca sua vaga!

domingo, 30 de janeiro de 2011

A QUEM INTERESSA...

Tem coisas que a gente tem que se controlar pra não rir. Veja bem, caro leitor: um título bombástico, uma matéria fraca e sem conteúdo e muitas fotos.

Todas elas (as fotos) tentando dar suporte ao título da matéria. Essa foi a matéria/manchete do Jornal Central desse mês, que circulou sábado, 29.

E a matéria tem a ver com o suposto descaso deixado pela secretaria de Cultura na gestão passada de Clemenceau Alves, que tinha como titular da pasta esse blogueiro que lhes escreve agora.

Clemenceau Alves esteve cerca de 11 meses no comando da prefeitura. Terminou a construção do clube Municipal, deixando-o pronto para a população do município, local onde acontece a grande maioria dos eventos sociais, culturais e populares da cidade.

Organizou através da Secretaria de Cultura e Desportos, eventos esportivos, como campeonatos de futebol de salão e campo, deu incentivo total as seleções masculina e feminina de FUTSAL da cidade, entre outros. Deixou também a construção do Campo de Futebol pra começar, com licitação já finalizada. Não sei nem porque não começou ate agora.

Também teve Concurso de Miss Estudantil, Festival Regional de Quadrilhas Juninas, apoio a festa de São Jose, realização do Carnaval do Povo, desfiles comemorativos, apresentações folclóricas à população, e uma ação que vai ficar marcada: a criação da nova Filarmônica de Angicos. Ao ser retirado prematuramente do cargo ainda deixou em formação o núcleo que vai gerar a ORQUESTRA SANFONICA de Angicos.

A criação do CENTRO DE INCLUSÃO DIGITAL foi outra ação do ex-prefeito, e funcionava até bem pouco tempo no clube municipal. CENTRO esse que infelizmente está desativado desde a saída de Clemenceau.

E mais de 100 dias depois da sua saída, eis que aparece uma matéria do Jornal Central querendo dizer que houve descaso no esporte e cultura da cidade.

Quem pode garantir que as fotos colocadas no jornal são verdadeiras? Todos sabem que o jornal Central é crítico incondicional do ex-prefeito Clemenceau, nunca destacando uma só ação boa ou virtude dele e desse blogueiro. Como já se passaram mais de 100 DIAS, ficou fácil aparecer coisas fora de ordem.

Cito por exemplo o alambrado do ginásio e a tela. O alambrado não estava quebrado quando foi passado a atual gestão de Ronaldo. O Memorial Espedito Alves havia sido limpo e entregue, não em perfeitas condições pelo fato da morte da saudosa Zélia Alves, que era guardiã das fotos e material originais, e dessa forma ainda se aguarda a vinda da responsável pelo acervo, para que se possa ter acesso as fotos e documentos originais e assim se restaurar o Memorial.

No campo de futebol do bairro Monsenhor Pinto, a mesma coisa acontece, pois há 110 dias atrás o portão do campo de futebol estava no seu local original, fechado por um cadeado.

Me surpreendo também com a foto de um banco quebrado da praça. Ora, banco de praça tem a ver com a Secretaria de OBRAS e URBANISMO, e não com cultura. E toda a população de Angicos sabe quem não deu manutenção nas praças da cidade.

Repito: essas fotos provavelmente foram tiradas agora, mais de 100 dias depois da saída de Clemenceau e da minha.

Pra finalizar, mais um fato curioso: mais de quinhentas edições do jornal foram distribuídas em Angicos, e de graça. Mercadinhos, populares, estabelecimentos comerciais, todos receberam dezenas e dezenas de copias para distribuir aos clientes.

Quem pagou pelas edições, que tradicionalmente são pagas?

A quem interessa essa distribuição maciça do jornal?

O dinheiro para o pagamento dos exemplares saiu de onde?, do fundo da cisterna?...

Tire o leitor, sua própria conclusão.

sábado, 29 de janeiro de 2011

NÚMERO DE CASOS DE DENGUE DUPLICAM

O Sistema de Informação de Agravos Notificados (SINAN), que acompanha a incidência de doenças de saúde pública nos municípios brasileiros, registrou até ontem, 28, o dobro de casos em relação ao mesmo período de 2010. Segundo o sistema, que é alimentado a partir dos municípios, em janeiro de 2010 foram contabilizados 181 casos de dengue no estado. Este ano, os números gerais acusaram 363 agravos.

O SINAN serve para notificar casos de saúde pública com a dengue, malária, Aids, hepatites virais e algumas doenças sexualmente transmissíveis, além de controlar o registro e o processamento desses dados em todo o território nacional, fornecendo informações para análise do perfil da morbidade e na tomada de decisões em nível municipal, estadual e federal.

Para saber quantos são efetivamente casos de dengue entre os contabilizados em janeiro pelo sistema, os municípios terão que concluir a sorologia das pessoas que se apresentaram em hospitais e pronto atendimentos. Até ontem, a Secretaria estadual de Saúde (Sesap) ainda não havia concluído o Levantamento de Índice Rápido do Aedes (Lira), habitualmente divulgado à imprensa no penúltimo dia do mês.

O diagnóstico da dengue pode ser feito com segurança no sexto dia após o aparecimento dos primeiros sintomas. Um dos grandes problemas é justamente fazer com que as pessoas retornem para uma nova coleta de sangue.

“Por isso, estamos orientando aos profissionais médicos que realizem exames de isolamento viral e apelando à população que retorne aos pronto atendimentos para colher nova sorologia”, disse ontem Kristiane Fialho, coordenadora do programa estadual da dengue.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

TRIBUNAL INOCENTA ROSALBA

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) inocentou a atual governadora Rosalba Ciarlini (DEM) da acusação de prática de abuso de poder econômico e uso indevido de meio de comunicação durante as eleições de 2010, quando obteve êxito.

Reunidos em sessão realizada nesta sexta-feira (28), os juízes não acataram a tese apresentada pela coligação “Vitória do Povo”, que teve Iberê Ferreira (PSB) como candidato à reeleição no pleito eleitoral do ano passado.

A “Vitória do Povo” alegava que a então candidata, entre 1º de janeiro e 30 de junho, utilizou a emissora, de propriedade do senador José Agripino Maia (DEM), para alavancar a candidatura ao governo e que esta conduta teve potencialidade para influenciar no resultado do pleito.

Segundo a coligação adversária, Rosalba foi entrevistada 104 vezes, em um total de 4 horas e 39 minutos, o que corresponderia a R$ 1, 376 milhão em valor comercial.

No entanto, o relator da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) de número 4709-68.2010.6.20.0000, desembargador Saraiva Sobrinho destacou que não ficaram configuradas durante as entrevistas concedidas por Rosalba a TV Tropical, declarações de pedido de voto.

Paulo Sérgio Duarte da Rocha Júnior, procurador regional eleitoral, lembrou que temática sobre o mesmo assunto foi julgada anteriormente pelo TRE, durante a campanha do ano passado e o entendimento, com apenas um voto em contrário, foi o de que não havia infração ao artigo 36-A, I, da Lei das Eleições.

“Por coerência também não há de ser reconhecida ilicitude neste caso”, ressaltou o procurador, acrescentando que laudo pericial indicou que o tempo total de entrevistas foi de 49 minutos e 22 segundos, tempo similar ao concedido a outros candidatos.

O advogado de Rosalba Ciarlini, Felipe Cortez, rechaçou a ideia de que a então postulante ao cargo de governadora tivesse comprado horário na TV Tropical. Segundo Cortez, Rosalba concedeu diversas entrevistas ao canal, assim como o fez o ex-governador Iberê Ferreira.

"Iberê deu milhares de entrevistas aos telejornais locais sobre problemas administrativos do Estado”, apontou. Cortez reconheceu que, por apenas uma vez, Rosalba falou sobre pré-candidatura, algo que a lei eleitoral não proíbe.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O MURO E A DISCORDIA

Aos leitores do blog, que leram a postagem feita ontem relativa ao MURO DA DISCÓRDIA, eis que outra discórdia surge a partir dos valores divulgados.

Uma fonte segura me garantiu hoje a tarde que os valores são outros, ainda mais exorbitantes.

A quantia total do muro ultrapassa a casa dos quarenta mil reais. Isso mesmo, quarenta mil reais e ainda mais.

Eita muro caro da mulesta!

MAS, a gastança não para só no muro não...

Tem gente ganhando dinheiro franco com a “operação tapa buracos”. Dizem que se continuar assim, alguns vão ficar rico.

Sei lá... ainda tem coisas que vou trazendo aqui aos poucos...

Analisando, investigando...

Continuem lendo pra saber!