sábado, 21 de janeiro de 2017

Com presos novamente nos telhados, Alcaçuz tem 8º dia de motim

Mais uma vez, presos de Alcaçuz amanheceram sobre os telhados da unidade (Foto: Fred Carvalho/G1)
Detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz voltaram a subir nos telhados dos pavilhões da unidade na manhã deste sábado (21), e mais uma vez é possível ver alguns deles fazendo uso de aparelhos celulares. Este é o 8º dia seguido de motim no maior presídio do Rio Grande do Norte – onde 26 detentos morreram durante uma rebelião no final de semana passado. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

Ainda na noite da sexta e já no início desta manhã, caminhões e tratores chegaram à penitenciária. Também chegaram contêineres que serão usados para separar os presos rebelados. A ideia é evitar que as duas facções rivais que disputam o poder dentro da unidade voltem a se confrontar. Na quinta-feira (19), houve uma batalha campal. Muitos presos ficaram feridos e a PM confirma que há novos mortos.

A barreira a ser montada com containers, segundo o governo, é uma medida paliativa até que um muro definitivo seja contruído dividindo os pavilhões 1, 2 e 3 (ocupados por membros do Sindicato do RN) dos pavilheõs 4 e 5 (dominados pelo PCC).

G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente