quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Para tentar retomar a Alcaçuz, Governo conversa com facções

Foto: Josemar Gonçalves/Reuters
O Governo do Rio Grande do Norte, através da Secretaria de Segurança Pública e Defesa (Sesed) manteve contato com líderes de facções criminosas no intuito de retomar o controle da penitenciária de Alcaçuz.

O secretário da Sesed, Caio Bezerra, informou as facções que a polícia não iria mais permitir confrontos entre os criminosos dentro da unidade prisional. 

Uma delegada da Polícia Civil e um oficial da Polícia Militar comandam as conversas com os criminosos. A delegada e o PM conversam com os chefes das duas facções.

Um dos pedidos de uma das facções já é de conhecimento das autoridades: os cinco detentos identificados como chefes do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa paulista com ramificação em vários estados, querem ser transferidos para alguma penitenciária federal.

O governo do estado já enviou ao Departamento Penitenciário Federal (Depen) a solicitação de transferência desses criminosos e de outros 13.


No último domingo, 15, 26 detentos morreram na Penitenciária após uma rebelião.

DeFato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente