quinta-feira, 23 de março de 2017

Prefeito de Angicos, Deusdete Gomes discute formação do Comdec de Angicos

Uma reunião realizada nas dependências da Secretaria Municipal de Agricultura de Angicos discutiu sobre a formação dos representantes que comporão o Conselho Municipal de Defesa Civil (Comdec), órgão municipal este, responsável pela execução, coordenação e mobilização de todas as ações de defesa civil no município.
Participaram da reunião, o prefeito do Município Deusdete Gomes [PSDB], o representante da Câmara Municipal, Vereador Neto de Dezin [PSDB], os Secretários de Obras e Urbanismo, Ivan de França, de Agricultura Gustavo Soares, o Coordenador Geral da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC), Joilton Souza e Isla Licely, representando a Igreja Católica. Na oportunidade definiram-se os representantes de cada autarquia.

Os membros que constituirão o Conselho Municipal de Defesa Civil (Comdec) do município de Angicos, são os seguintes;
I Representando a Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo;
II Um representante da Câmara Municipal;
III Um representante da Igreja Católica;
IV Um representante da COPDEC.
V Um representante do STTR

Decorrente da inexistindo de uma das entidades representantes, no caso, do Grupo de Escoteiros Pedro Lopes Ribeiro, o município deverá encaminhar para a Câmara de Vereadores uma Lei substitutiva removendo a referida entidade (escoteiros) e acrescentando outra instituição representativa. Foi definido na ocasião, que o Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município de Angicos indicará um membro. O Presidente do STTR, Ivanaldo Rogério (Naldinho) indicou o Tesoureiro Almir Medeiros.


Criado através da Lei Municipal nº 639 de 17 de maio de 2006, o Conselho é subordinado ao Executivo Municipal e tem a incumbência de coordenar as ações de Defesa Civil nos períodos de normalidade e a anormalidade, observando ações preventivas, de socorro, assistenciais e reconstrutivas, destinadas a evitar ou minimizar os desastres, preservar o moral da população e restabelecer a normalidade social.

ASSECOM/PMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente