quarta-feira, 24 de maio de 2017

Manifestantes depredam ministérios e colocam fogo no prédio da Agricultura

Todos os ministérios do governo federal liberaram os servidores e funcionários na tarde desta quarta-feira após vários prédios serem depredados por manifestantes que pedem a saída do presidente Michel Temer e protestam contra as reformas da Previdência e trabalhista. Os manifestantes quebraram vidros e invadiram as portarias dos prédios na Esplanada. O Ministério da Agricultura tem um foco de incêndio que teria sido provocado pelos manifestantes, que colocaram fogo também em placas e pneus no meio das ruas.
Um policial foi ferido na perna quando os manifestantes derrubaram os tapumes que protegiam o Ministério da Agricultura. 
Interior do ministério da cultura após depredação
Segundo a Secretaria de Segurança Pública, 35 mil pessoas participam do protesto e quatro pessoas foram detidas. Segundo o serviço de emergências médicas SAMU, uma pessoa foi ferida a bala.

A manifestação começou no início da tarde e quando os manifestantes, alguns com o rosto coberto, chegaram próximos à grade que foi colocada para isolar a área do Congresso, do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia do Distrito Federal reagiu com bombas de efeito moral.

A Secretaria de Segurança não informou o motivo da reação policial. No local, a justificativa foi de que seria uma reação a objetos jogados por manifestantes.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente