quinta-feira, 8 de junho de 2017

PGJ acusa Robinson de pedalada fiscal, que culminou com cassação de Dilma Rousseff

A ação de improbidade administrativa da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) contra o Governador Robinson Faria e o secretário Gustavo Nogueira de terem cometido pedalada fiscal, que causou o processo de impeachment de Dilma Rousseff.

O MP acusa Robinson e o secretário de não adotarem medidas para reduzir gastos com pessoal, que hoje compromete 56,87% da receita corrente líquida.

Blog do Heitor Gregório

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente