terça-feira, 20 de junho de 2017

STF libera obras de último trecho de transposição do São Francisco

Obra do canal do Eixo Norte da transposição do rio São Francisco em Barro, no Ceará
Após uma articulação política liderada pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), o STF (Supremo Tribunal Federal) liberou a contratação de um consórcio para a construção do último trecho das obras de transposição do rio São Francisco.

As obras estavam paradas desde o segundo semestre de 2016, quando a construtora Mendes Júnior desistiu da obra após problemas de financiamento provocados pelas acusações de participação da empresa em esquemas investigados pela Lava Jato. 

A presidente do STF, Cármen Lúcia, suspendeu os efeitos de uma liminar do Tribunal Regional Federal da 1ª Região que barrava uma nova licitação feita para o trecho.

Na última terça-feira (13), Cármen recebeu o presidente do Senado e governadores da região Nordeste, que fizeram um apelo pela retomada da obra.

A construção também é considerada estratégica pelo presidente Michel Temer, que enfrenta seus piores índices de popularidade no Nordeste.

Com isso, o Ministério da Integração Nacional vai contratar o consórcio Emsa-Siton por R$ 516,8 milhões. A empresa ficou em terceiro lugar na licitação, mas as duas primeiras colocadas foram eliminadas da disputa, porque a pasta julgou que elas não tinham capacidade técnica para tocar a obra.

Folha de S. Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente