quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Chrome para Android acaba com anúncios vibratórios e pop-ups indesejados

O Google começou a distribuir nesta terça-feira, 1º de agosto, a versão 60 do Chrome para Android, com algumas novidades interessantes. Com a atualização, será possível barrar definitivamente os insuportáveis anúncios capazes de fazer o celular vibrar.

Você já deve ter se deparado com isso enquanto navegava pela web com seu celular. Quando o Google introduziu essa possibilidade com a ferramenta Web Vibration API, ele pensava em jogos móveis ou outros tipos de conteúdo interativos que pudessem fazer bom uso do recurso. No entanto, o principal uso acabou sendo em anúncios extremamente invasivos, que em muitos casos mentem para o usuário sobre o celular estar infectado com algum tipo de malware para sugerir a instalação de um “antivírus”. 

Com o Chrome 60, felizmente, isso não será mais possível, porque o Google restringiu a utilização da Web Vibration API. Ela ainda está lá, mas para que o celular possa vibrar, o usuário precisa antes tocar na página, indicando interesse em interagir com o conteúdo, como explica o site Android Police.

Completando as novidades para restringir o poder de anúncios maliciosos, o Google também limitou o uso da função beforeunload do JavaScript. Essa ferramenta era usada para mostrar um alerta ao usuário quando ele tentava fechar a aba do navegador, mas agora só poderá ser usada caso ele tenha interagido com o site de alguma forma tocando na tela.

Além das limitações a anúncios, o Chrome 60 também apresenta um novo widget para buscas. Ao pressioná-lo, em vez de direcionar o usuário para o aplicativo do Google, o atalho abre a barra de endereços do navegador. O recurso é fruto de um processo na Rússia, no qual o concorrente Yandex acusava o Google de práticas anticompetitivas, o que forçou a companhia a criar um widget que pudesse alternar entre vários motores de busca.

Olhar Digital UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente