sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Justiça determina afastamento de Luiz Almir da Câmara de Natal

A Justiça determinou que o vereador Luiz Almir, do PR, seja afastado da Câmara Municipal em até 15 dias. O ofício com a determinação data do último dia 20.

Luiz Almir é réu em processo que apura improbidade administrativa. A decisão de destituí-lo da função de vereador foi tomada pelo juiz Bruno Lacerda, da 5a. Vara da Fazenda Pública de Natal.

No programa que apresenta em uma rádio de Natal, Luiz Almir leu, nesta sexta-feira (22), mensagens de apoio dos ouvintes. “Nunca fiz mal. Trabalho desde muito cedo pra fazer o bem sem olhar a quem”, se defendeu no ar, sem citar a decisão judicial.

O processo apura irregularidades na nomeação de cargos comissionados no gabinete do então vice-governador Fernando Freire. O episódio ficou conhecido como ‘Escândalo dos Gafanhotos’ e ocorreu, de acordo com a Justiça, entre 1995 e 2002.

Raniere

Ontem, 21, o juiz José Armando Pontes Júnior, da 8a. Vara Criminal de Natal, determinou que se tome um apartamento do presidente da Câmara afastado Raniere Barbosa, do PDT. Ele é investigado por envolvimento no desvio de R$ 22 milhões na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, a Semsur.

Ayrton Freire, Portal no Ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente