sábado, 30 de dezembro de 2017

ACUSADO DE ATIRAR EM AGENTE É MORTO no HRTM; jovem é assassinado no Nova Betânia

Mossoró registrou mais dois homicídios na madrugada deste sábado, 30. Um homem foi morto a tiros dentro do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) e um jovem assassinado enquanto aguardava a esposa sair do trabalho. Com estes dois crimes, o município alcança a marca de 248 mortes violentas em 2017.

Por volta de 01h30, Anderson de Oliveira foi morto com disparos de pistola 380, próximo a um espetinho localizado na Avenida Diocesana, no bairro Nova Betânia. 

Segundo informações, o jovem foi surpreendido por indivíduos que anunciaram o assalto. Anderson tentou fugir, mas foi seguido e morto a cerca de 300 metros.

Pouco tempo depois, Adson Lincoln Severiano da Silva morreu com características de execução. O crime aconteceu dentro do Hospital Tarcísio Maia. Segundo informações, um desconhecido teve acesso ao interior do hospital e executou Adson Lincoln. Ele foi morto a tiros dentro da unidade hospitalar quando era conduzido para a sala de Raio-X. Adson sofreu sete tiros de pistola 380. Todos acertaram a cabeça.

Adson Lincoln foi socorrido para o HRTM no início da noite desta sexta-feira, 29, após uma tentativa de assalto contra o agente penitenciário Lauci Alves de Moura, 50 anos, no Planalto 13 de maio. O acusado foi baleado nas duas pernas e preso. Já Lauci foi atingido com 04 disparos e também socorrido para o Tarcísio Maia.

Lauci estava acompanhado de seu irmão, também agente penitenciário, na calçada da residência de sua mãe quando um casal chegou ao local e anunciou o assalto. Antes de qualquer reação das vítimas, Adson atirou contra Lauci.

O irmão de Lauci reagiu atirando no acusado. O assaltante foi espancado por populares que presenciaram a tentativa de assalto contra os irmãos.

DeFato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente