quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Policial da Força Nacional é baleada ao reagir a assalto em Natal; na cidade, PM segue fora das ruas

Um revólver e munições foram apreendidos com os assaltantes (Foto: PM/Divulgação)
Dois agentes da Força Nacional – que estão em Natal para suprir a ausência de policiamento ostensivo nas ruas da cidade – reagiram a um assalto e trocaram tiros com bandidos na madrugada desta quarta-feira (27) no bairro de Lagoa Seca, na Zona Leste. No tiroteio, uma policial foi baleada de raspão na cabeça. Um dos bandidos também foi atingido e socorrido, e outros dois assaltantes foram presos. Uma arma foi apreendida.

Na tarde desta quarta (27), os policiais militares irão se reunir em assembleia para definir os rumos do movimento.
A policial ferida tem 44 anos e é cabo da PM do Mato Grosso do Sul. O outro policial também é cabo. Ele tem 33 anos e é lotado na Paraíba.

Segundo informações do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), os dois estavam a pé e não usavam farda. Eles caminhavam pela Av. Alexandrino de Alencar com destino à Academia de Polícia, onde estão sediados, quando três homens armados se aproximaram em um carro e anunciaram o assalto.

A policial ferida tem 44 anos e é cabo da PM do Mato Grosso do Sul. O outro policial também é cabo. Ele tem 33 anos e é lotado na Paraíba.

No Rio Grande do Norte, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros estão fora das ruas faz uma semana em protesto contra o atraso dos salários e falta de condições de trabalho. A Polícia Civil também participa do movimento e trabalha em regime de plantão.

G1RN