terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Ladrão quer processar mercado por ter machucado os testículos durante assalto

Você já ouviu falar de algum ladrão que tentou processar a loja que ele mesmo assaltou? Pois é exatamente isso que está acontecendo na Irlanda.O dono do supermercado Centra, localizado em Kingscourt, na Irlanda, recebeu uma carta um tanto quanto incomum: quase dois anos depois de um assalto, um ladrão que invadiu sua loja em novembro de 2015 decidiu processá-lo. Tudo porque, durante o roubo, ele teria machucado os testículos e precisou ser hospitalizado.

Na época, de acordo como o Daily Mail , três assaltantes invadiram o supermercado e, ao serem surpreendidos pela polícia, tentaram escapar. Durante a fuga, um deles machucou seu saco escrotal e precisou ser levado para o hospital. Por causa disso, o ladrão ferido ficou inconformado e decidiu processar Kevin Victory, o dono do Centra. 

“Eu fiquei absolutamente chocado quando recebi a carta”, declarou o comerciante. O assalto de 2015 lhe gerou um prejuízo de três mil euros (cerca de R$ 11 mil), e depois de se recuperar dos danos, o que menos esperava era uma tentativa de processo.

A seguradora responsável pelo supermercado disse que não vai arcar com os custos, e agora, o irlandês tem 90 dias para decidir se quer que o Conselho de Avaliação de Lesões Pessoais (PIAB) avalie o caso. “Estou tentando sublinhar que esse acontecimento pode ser um indicativo de que temos que mudar nossas leis”, explicou.

Roubos inacreditáveis

Se você ficou chocado com o caso irlandês, espere só até ler o que aconteceu, em setembro, na Holanda. Ao invadir um prédio na cidade de Nederweert, na província de Limburg, um assaltante teve que enfrentar um certo “pesadelo” para os criminosos.

Atrapalhado, ele trancou a porta de forma acidental e ficou preso dentro do edifício e, para resolver o problema, se viu obrigado a ligar para… a polícia .

De acordo com uma publicação no Facebook da polícia local, o assaltante, cujo nome não foi identificado, invadiu o prédio às quatro horas da manhã. Como não encontrou “nada de seu interesse”, ele resolveu voltar para a sua casa, mas nada ocorreu como o planejado.

Por causa de uma porta automática (que é trancada assim que encosta no batente), o holandês ficou preso dentro do prédio. Ele tentou de tudo para sair do local, mas quando nada deu certo, se viu com apenas duas opções: dormir no telhado ou chamar a polícia .

Chegando à cena do crime, os policiais abriram a porta e escoltaram o responsável pela confusão até a delegacia. Lá, foi comprovado que o ladrão estava sob o efeito de álcool, e por isso, foi liberado e passou o resto da noite em sua própria casa.

Último Segundo – IG