quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Com chuvas, volumes aumentam em reservatórios e rios no RN; Igarn pede para que população siga com uso consciente da água


Volumes dos reservatórios estaduais
As recentes chuvas também trouxeram melhora de volume em alguns dos 47 reservatórios, com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos, monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (Igarn). A Barragem Armando Ribeiro Gonçalves recebeu 2,7 milhões de metros cúbicos e 6cm de volume. A continuidade e intensificação das precipitações são esperadas para proporcionarem melhora as reservas hídricas estaduais que continuam baixas.

Outros reservatórios que apresentaram aumento no seu volume. O açude Mendubim, em Assú, teve uma elevação de 14cm no seu volume, já o reservatório de Passagem das Traíras, em São José do Seridó teve um aumento de 21cm no seu volume. Na região oeste o único manancial a apresentar mudança significativa foi o Açude Morcego que aumentou seu volume em 2cm. 

O diretor-presidente do Igarn, Josivan Cardoso, destaca que as melhoras nos volumes ainda são baixas e o uso consciente da água é essencial. “Esperamos que as chuvas continuem ocorrendo e se intensificando para que os volumes realmente possam aumentar e melhorar a situação das reservas hídricas do estado. É importante a população ter consciência sobre o uso sustentável da água, já que as reservas continuam baixas”, explicou.

As chuvas também ajudaram a aumentar os volumes dos rios que cortam o estado. A lagoa de Extremoz recebeu 5 cm de água, a lagoa do Jiqui, 34cm, e a lagoa do Bonfim também recebeu 4cm.