segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Ezequiel Ferreira reivindica serviços para cidades Angicos e outras cidades da regiões Central e Agreste

Casas populares, perfuração e instalação de poços tubulares, construção de barragens submersas, abatedouros públicos e segurança, são itens importantes que contribuem para o desenvolvimento sustentável dos municípios, notadamente dos incluídos no polígono das secas.  Foi sob essa ótica que o deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) requereu do Governo do Estado esses benefícios para municípios das regiões Agreste e Central.

“O programa de Perfuração de Poços Tubulares no Estado é responsável pelo abastecimento de cidades, vilas, povoadas e comunidades rurais, fora do eixo de grandes adutoras, por meio da recuperação e reinstalação de poços existentes e perfuração e instalação de novas unidades. Além da instalação desses equipamentos, o Programa contempla a implantação de sistemas de dessalinização e instalação de painéis solares em comunidades rurais que não dispõem de energia convencional”, justifica o deputado Ezequiel na sua solicitação para que as ações cheguem às comunidades rurais Rio Velho, Canivete, Bonfim, Cabugi, Sombra e Riacho do Prato, no município de Angicos.

Ainda para aquele município da região Central, o deputado solicitou a construção de casas populares para a população carente, o aumento do efetivo policial e melhores condições de trabalho para a Polícia Militar na cidade, além da construção de barragens submersas.

Já a conclusão de obras de abatedouros públicos foi solicitada para os municípios de Nova Cruz, na região Agreste e para Angicos. Em sua justificativa, o deputado registra que as unidades de processamento de carnes nesses municípios não foram finalizadas, prejudicando as atividades de muitos agricultores.

ALRN