quinta-feira, 31 de maio de 2018

ELEIÇÕES E COPA DO MUNDO: Junho chega mas o povo não pode esquecer tanta crise


O mês de maio chega ao fim com feriado prolongado, e leva parcialmente com ele uma greve, que se não foi greve, mas gerou mais do muitas das greves realizadas nos últimos anos.

A paralisação dos caminhoneiros deixa uma lição para os políticos que tentam renovar mandatos ou que buscam pela primeira vez representar a população.

E a moral da história é: RESPEITO AO POVO, atenção ao grito da população mais simples, pois somos a grande maioria desse pais.

O mês que chega, junho, traz a reta final de muitas negociações que acontecem nos bastidores, mas também traz a Copa do Mundo, que certamente vai anestesiar o povo Brasileiro durante os 30 dias do evento.

O Brasil vai andar em ritmo lento, e as ideias sofreram interrupções constantes.

É perigoso para o povo, que não deve esquecer tudo que vem acontecendo e quer mudanças verdadeiras.

Logo depois, já viram os movimentos finais e então, as convenções que homologarão os candidatos.

Ai vai ser a hora de lembrar tudo que vem acontecendo e escolher com sabedoria.