segunda-feira, 11 de junho de 2018

Chuvas de junho devem se concentrar no litoral, prevê Emparn

As chuvas que caíram nos últimos dias em Natal devem se manter a o fim do mês. É o que prevê a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn).

De acordo com o meteorologista Gilmar Bistrot, as precipitações devem se concentrar no Litoral e no Agreste Potiguar.

No primeiro final de semana do mês, só em Natal choveu 121 milímetros. Já em Parnamirim, os pluviômetros apontaram 169 mm. “A previsão para o mês é de 300 milímetros nessas regiões”, comentou Bistrot. 

Interior

Para o interior do Estado, a previsão não muito animadora. De acordo com o meteorologista da Emparn, o acumulado de chuva não deve passar dos 30 milímetros.

“No interior, o mês de junho significa o fim do período chuvoso. Ainda chove, mas nada significativo. Deve ser no máximo 30 milímetros, chuvas isoladas”, afirmou Bistrot.

Reservatórios

Apesar da pouca expectativa de chuva para o período nos municípios do interior, o meteorologista acredita que o volume dos reservatórios não serão gravemente afetados. No entanto, ele alerta para o consumo das reservas hídricas.

“Os reservatórios estão em 30% de capacidade e devem manter essa condição de abastecimento pelo menos no segundo semestre. A situação está bem melhor do que em junho do ano passado, mas não dá para desperdiçar. O consumo deve ser consciente”, advertiu.

Portal no Ar