sábado, 28 de julho de 2018

Grávida de 8 meses e irmã são assassinadas dentro de casa no RN; Samu faz parto, mas bebê também morre


Socorristas do Samu fizeram o parto dentro da ambulância, e retiraram o bebê ainda com vida, mas ele acabou morrendo duas horas depois (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)
Duas irmãs – uma delas grávida de oito meses – foram assassinadas a tiros na noite desta sexta-feira (27) dentro de um apartamento no bairro Alto da Conceição, em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar. Mesmo com a mulher morta, o Samu chegou a fazer o parto e retirou o bebê ainda com vida, mas ele morreu duas horas depois. Segundo a Polícia Militar, a suspeita é de crime passional.

As irmãs foram identificadas como Samira Mendonça Bezerra, de 24 anos, e Sheyla Mendonça Bezerra, de 19 – que estava gestante. A mãe delas, uma senhora de 50 anos, levou um tiro de raspão na cabeça, e foi socorrida. O homem que a polícia procura é ex-companheiro de Sheyla, que fugiu de moto com a ajuda de um outro homem. 
Irmãs Samira Mendonça Bezerra, de 24 anos, e Sheyla Mendonça Bezerra, de 19, foram mortas a tiros em Mossoró (Foto: PM/Divulgação)

Sargento do 2º Batalhão da PM, Rivelino Lopes de Oliveira contou ao G1 que os disparos aconteceram por volta das 23h20. “Depois que os vizinhos ouviram os disparos, fomos chamados. No local, encontramos as duas irmãs mortas e a mãe delas ferida com um tiro de raspão na cabeça”, contou.

Ainda de acordo com o policial, socorristas do Samu fizeram o parto dentro da ambulância, e retiraram o bebê ainda com vida. O recém-nascido foi levado para o Hospital Maternidade Almeida Castro, onde acabou morrendo duas horas depois. Já a mãe das vítimas, foi socorrida para o Hospital Regional Tarcísio Maia.

A PM ainda fez buscas pela região, mas não encontrou nenhum dos suspeitos. A informação é que o ex-companheiro de Sheyla não morava mais com ela, mas tinha a chave do apartamento da família.

G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente