sexta-feira, 31 de agosto de 2018

“Estou preparada para governar o RN mesmo com Bolsonaro presidente", diz Fátima


-->
Segunda no sorteio de candidatos a governador do RN a participar da série de entrevistas no Jornal do Dia, da TV Ponta Negra, Fátima Bezerra, da coligação Do Lado Certo (PT/PCdoB/PHS), disse estar preparada para governar em qualquer cenário político que venha a se apresentar após as eleições de outubro.

Fátima respondeu a apresentadora Margot Ferreira, que a questionou se “o primeiro colocado hoje nas pesquisas para presidente”, Jair Bolsonaro, e ela, que também lidera as pesquisas no estado fossem eleitos, como pretendia governar o estado. “O primeiro lugar hoje nas pesquisas para presidente é Luiz Inácio Lula da Silva. E se ele não puder sair candidato quem vai sair e deve ser eleito é Fernando Haddad, seu vice”. E m seguida completou: “E estou preparada para governar o Rio Grande do Norte em qualquer situação”. 

Na abordagem sobre segurança pública, a maior preocupação dos eleitores, segundo as pesquisas, Fátima afirmou que o setor será uma das prioridades de seu governo e que os agentes de segurança pública serão valorizados, inclusive, com seguro de vida, e que o efetivo será ampliado.

Ainda garantiu que cuidará da retomada do controle do sistema prisional, da investigação e resolução de crimes e também do investimento em programas sociais.

E explicou como irá fazer: “Tudo isso só será possível com a recuperação fiscal. Hoje o estado tem um déficit de mais de R$ 800 milhões, e isso implica em atraso de salários dos servidores e de pagamento a fornecedores. Serão necessários uma maior eficiência na arrecadação, combater a sonegação fiscal, reforma administrativa e uma discussão com os poderes a respeito das sobras de caixa. Assim conseguiremos fazer investimentos”, afirmou Fátima.

Sobre a Educação, Fátima enfatizou que como professora uma de suas metas é valorizar os educadores, recuperar o Plano Estadual de Educação, construir mais creches, reestruturar o ensino médio, e fortalecer a UERN (Universidade do Estado do Rio Grande do Norte).

Questionada sobre a polêmica criada em torno do seu plano de governo, Fátima foi assertiva: “É evidente que fomos pegar experiências exitosas, seja na Paraíba, Maranhão ou Piauí. Experiências essas que poderão servir ao Rio Grande do Norte. Temos o melhor programa de governo e incorporamos também propostas de vários setores sociais, como da FIERN, por meio do Programa Mais RN”.

Agora RN