segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Ciro diz que país deve dar 'passo para o futuro' e acabar com briga entre 'coxinhas e mortadelas'


-->
O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, disse neste domingo (2) que o país deve dar um "passo para o futuro" e acabar com a "briga mesquinha entre coxinhas e mortadelas".

Ele fez referência aos apelidos dados às pessoas que nos últimos anos travaram uma rixa política no país principalmente em torno de questões como o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff ou da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Ciro fez campanha em Jundiaí (SP). Ele falou com a imprensa após um ato com eleitores e aliados. Segundo o candidato, a rivalidade entre "coxinhas" e "mortadelas" está rachando o país e introduzindo ódio na política.

"A questão que vai ser decidida pelo Brasil. Se está na hora de a gente dar um passo adiante, para o futuro. Construir um projeto nacional de desenvolvimento novo, que acabe com essa briga mesquinha onde entram coxinhas e mortadelas, que está rachando nosso país, que está introduzindo a violência e o ódio na política, ou se o país quer ficar amarrado nessa luta miúda", disse Ciro.

O candidato também disse que seu plano de governo tem como um dos focos uma política cultural de consumo ligado a sustentabilidade, com valorização da economia comunitária.

"Cultura é o valor mais grave que as nações têm. Em tempo de globalização, se nós não apostarmos na afirmação da identidade cultural da nossa nação, nós seremos presa fácil dos modos de consumo internacionalmente projetados. Seremos presa fácil de uma filosofia de vida que destrói a natureza, porque o consumismo baseado no que estamos fazendo vai matar o planeta Terra se nós não mudarmos", disse Ciro.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente