sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Suspeito de assalto a ônibus em Natal é agredido e morto pela população


-->
No início da tarde desta quinta-feira, 11, uma tentativa de assalto a um ônibus, que faz a linha 2o da empresa Guanabara, resultou na morte do suspeito, agredido pela própria população. Segundo o motorista, ele subiu, pagou a passagem e passou pela roleta como um passageiro normal e logo em seguida fez o anúncio do assalto.

“Ele não foi agressivo”, disse motorista. “Isso é um assalto, vá na ‘manha’, siga direto, em seguida virou-se para os passageiros e disse que era um assalto, já mostrando a arma”, completou. 

O veículo passava pela lateral do Teatro Alberto Maranhão quando o homem anunciou o assalto. Havia cerca de 30 passageiros no ônibus. Ao ouvir o anúncio, o motorista abriu as portas na tentativa de fazer com que as pessoas pudessem escapar.

Na correria, de acordo com relato das testemunhas, algumas pessoas acabaram feridas. Uma mulher teve fratura exposta ao saltar do veículo; outra, apenas ferimentos leves. Apesar do tumulto, o suspeito ainda conseguiu apropriar-se de alguns bens. Bolsas, um tablet, e outros objetos foram levados. O acusado desceu do ônibus no momento em que os passageiros começaram a saltar e correu em direção ao bairro das Rocas.

Segundo a Polícia Militar, tratava-se de um ex-detento de Alcaçuz que havia sido solto há duas semanas. O homem foi cercado por pessoas que passavam pelo local, amarrado pelo pescoço e arrastado pelas ruas do bairro por cerca de 200 metros, até sofrer espancamentos e ser atingido no rosto, nas costas e na área do crânio por disparos de arma de fogo. Em seguida. o corpo foi jogado numa lixeira.

Uma senhora apareceu no local afirmando ser tia do suspeito, mas de acordo com a PM, ainda é preciso aguardar a perícia do Itep para que haja identificação.

Agora RN