quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Suspeito de assassinar PM morre após troca de tiros com a Polícia Rodoviária Federal

Um suspeito de cometer latrocínio contra um policial militar foi morto nesta quinta-feira, 25, no município de Mamanguape (PB). De acordo com a polícia, José Santos Aquino, vulgo “Paraíba”, estava escondido na comunidade Passo da Pátria, zona Leste de Natal.

Na tarde da última quarta-feira, 24, ele e um parceiro foram abordados na Paraíba pela Polícia Rodoviária Federal. Houve troca de tiros, e três agentes foram alvejados. Eles foram socorridos e passam bem.

Nas primeiras horas desta quinta-feira, a PRF conseguiu localizar “Paraíba”, que morreu após novo confronto com os agentes. Na ocasião, ele havia roubado uma caminhonete Toyota Hilux, em uma fazenda, e fugiu pela BR-101 em direção a João Pessoa.

No município de Mamanguape, a PRF reconheceu os suspeitos e deu ordem de parada ao veículo, no momento em que “Paraíba” desceu do carro atirando contra os policiais. No tiroteio, o suspeito foi atingido e ainda tentou correr pelo matagal, mas sucumbiu aos ferimentos.

Latrocínio

Na madrugada do dia 11 de junho deste ano, José Santos Aquino teria liderado um grupo de criminosos e assassinado o sargento Francisco Alves Pereira Marinho, 51 anos. Ele teria sido abordado pelo bando no bairro do Ligeiro, após voltar do trabalho. Os criminosos roubaram o colete balístico do sargento, sua arma e seu veículo, um Fiat Uno. O militar foi executado com três disparos.

Agora RN