segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Elon Musk explica por que colonizar Marte não será apenas para ricos

Assistimos a tantos filmes e séries falando sobre a colonização de Marte que, quando o assunto chega às manchetes dos jornais, ainda parece tema de ficção científica. Porém, a possibilidade de estabelecer uma colônia em Marte é tão grande que já estamos discutindo quem realmente fará parte das primeiras expedições. Bom, pelo menos é sobre isso que Elon Musk falou em recente entrevista.

Levar um foguete da SpaceX para Marte não será algo barato. Porém, em uma entrevista à série documental Axios, da HBO, o proprietário da empresa, Elon Musk, disse que não é necessariamente verdade que somente pessoas ricas poderão ter acesso a uma passagem.

A entrevista foi publicada ontem (25), e teve dois momentos interessantes. No primeiro, Elon Musk disse que as chances de ele próprio viajar para o planeta vermelho são de 70%. Existem claro alguns motivos para isso, um deles é a idade, pois hoje Musk tem 47 anos e, apesar dos avanços da empresa, ainda não existe um calendário exato para o início das viagens interplanetárias. De acordo com Musk, isso poderia acontecer em sete anos, quando o bilionário teria então 54 anos.

Em outro momento, quando perguntado se as colônias de Marte serão apenas para pessoas ricas, Musk respondeu: “Não. A probabilidade de morrer em Marte é muito mais alta do que na Terra”. Para o empresário, viajar para Marte a bordo da SpaceX custaria “algumas centenas de milhares de dólares”, o que é uma quantia alta de dinheiro, mas relativamente baixa para viagens espaciais.

Levando em consideração que em outras ocasiões o empresário havia dito que os preços poderiam chegar ao valor de uma casa nos Estados Unidos, algo como 200 mil dólares, ser um dos primeiros habitantes do planeta vermelho é até viável para um trabalhador médio.

Contudo, existem outras circunstâncias mais importantes do que apenas o dinheiro. Na opinião de Musk, o maior problema estaria nas condições de sobrevivência em Marte. Aliás, ele diz que optar por viajar é optar por um futuro incerto, visto que não se sabe mesmo se existirá a possibilidade de retorno à Terra.

É claro que Elon Musk não quis dizer que a morte é uma preocupação apenas das pessoas ricas, o que ele diz aqui é que o espírito aventureiro e a curiosidade serão fatores muito mais relevantes do que alguns milhares de dólares.

Confira parte da entrevista no vídeo abaixo:

Olhar Digital