quarta-feira, 7 de novembro de 2018

POPULAÇÃO REPUDIA, MAS RÁDIO MANTÊM LOCUTOR que expulsou secretária do estúdio

Depois de tudo que aconteceu (de novo!) na FM Cabugi Central, envolvendo o locutor Gean Carlos, a população de Angicos ficou a espera de uma posição digna por parte da direção da rádio, coisa que não veio.

O blog entrou em contato com o diretor Gilvan Nunes, que disse não concordar com a forma como o locutor vem se comportando na apresentação do programa, mas que o mesmo tem que seguir as determinações de um corpo diretor que agora tem o comando da FM.

Segundo pude me informar, são cinco pessoas que agora comandam a rádio.

São elas: Gasparina Gonçalves, João Maria Pinheiro, Gilvan Nunes, João Maria Martins e Professor Heleno.

Pelas informações concedidas a esse blogueiro pelo diretor Gilvan Nunes, a maioria decidiu pela permanência do radialista Gean, com ressalvas ao comportamento, que deverá se modificar a partir de agora.

Outra mudança que deve ocorrer é a saída da rádio da casa da família Alves, pois o próprio representante dos Alves, Clemenceau, externou em áudio durante a manhã desta quarta, 07, que o locutor tem que sair da rádio ou a rádio vai sair de onde está localizada atualmente.

Isso foi confirmado parcialmente por Gilvan Nunes, que explicou ao blog que também exigiu a saída da rádio ali daquela casa onde está localizada.

Alguns locutores foram a público, usaram as redes sociais, para externar indignação com a atitude do colega.

Com isso, torna-se claro que os mais antigos, fundadores da fm, não concordam com os novos rumos que está tomou recentemente.

A política tem limites, depois é politicagem.