segunda-feira, 11 de março de 2019

IPVA de placas com finais 1 e 2 começa a ser cobrado nesta terça-feira


O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de carros e motocicletas com placas terminadas em 1 ou 2 começa a ser cobrado nesta terça-feira (12). O pagamento pode ser feito à vista, com 5% de desconto, ou em cinco parcelas mensais até julho.

Neste ano, o Detran-RN não está mais emitindo carnê físico de taxas e impostos de veículos. Sendo assim, os proprietários podem emitir os próprios boletos do IPVA no site do Detran, nas unidades físicas do órgão, agências do PagFácil, no Banco do Brasil ou no aplicativo “Detran-RN” para smartphones.

O recolhimento e aplicação do IPVA é tarefa da Secretaria Estadual de Tributação (SET), que repassa 50% do arrecadado para os municípios onde o veículo tem domicilio especificado no licenciamento. A alíquota que fixa o valor do tributo é de 3% e não sofreu alteração em comparação ao ano de 2018.

O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT) segue o mesmo calendário de cobrança da cota única do IPVA, de acordo com o final da placa do veículo. O imposto teve redução média de aproximadamente 64% no valor em comparação com 2018. Um exemplo são os veículos considerados de passeio, que pagaram R$ 45,72 no ano passado e neste ano podem quitar o seguro com o valor de R$ 16,27.

Após a comprovação da quitação da taxa de Licenciamento, IPVA, do DPVAT e da Taxa de Proteção contra Incêndio, Salvamento e Resgate em via Pública (Taxa dos Bombeiros), o proprietário recebe o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) em domicílio, como também pode ser retirado diretamente no Detran. Porém, multas pendentes inviabilizam a emissão do documento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente