quinta-feira, 7 de março de 2019

Mourão sobre polêmica de vídeo postado por Bolsonaro: “Morre amanhã”


Após o vídeo postado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) repercutir negativamente entre apoiadores e na mídia internacional, o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) tentou evitar entrar na polêmica ao dizer que não era “ventríloquo do presidente”.

Questionado sobre a repercussão da publicação, feita na noite da terça-feira de Carnaval (5/3), Mourão tentou se esquivar, falando que não comentaria. Pressionado sobre a repercussão no Congresso, especialmente no início da tramitação da reforma da Previdência, ele afirmou que a polêmica “morre amanhã” e não teria repercussão negativa na discussão da proposta.

 “Não vou comentar algo que não sei. Não quero ser o ventríloquo do presidente”, desviou Mourão sobre o desgaste que a publicação pode ter causado. O vice-presidente também foi breve ao falar sobre a imagem negativa no exterior: “Passa, tudo passa”.

Polêmica
O fim da noite de terça-feira (5), Bolsonaro publicou um vídeo obsceno, afirmando que “infelizmente é isso que tem virados muitos blocos de rua no carnaval brasileiro”. O presidente foi criticado pelos usuários pelo compartilhamento de imagens explícitas.

No vídeo, dois homens são vistos em cima de um ponto de táxi, dançando. Um deles, de nádegas de fora, coloca o dedo no ânus. Em seguida, um segundo parece urinar na cabeça do outro, prática sexual chamada de golden shower. A expressão ganhou as redes durante esta quarta-feira (6).

Metrópoles 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente