quarta-feira, 22 de maio de 2019

Sem impostos, Natal terá produtos e serviços mais baratos no dia 30 de maio


O próximo dia 30 será marcado em Natal pelo Dia Livre de Impostos. A ação, organizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem da capital (CDL Jovem), venderá produtos sem impostos durante o dia em diversos estabelecimentos comerciais da capital potiguar.

Os valores dos descontos variam de estabelecimento a estabelecimento. Nos itens de perfumaria a redução de valor pode chegar até 70%. Nos produtos de maquiagem, a carga é de 58%; em higiene pessoal, 46%; bebidas alcoólicas, cigarros e eletrônicos, 43%. A lista com os produtos e serviços que terão descontos pode ser conferida no final do texto.

Em Natal, empresas como a Fio a Fio, a Avohai, a Brinkids e a Pizzaria Massa Fina já confirmaram que vão comercializar produtos com descontos no dia 30 de maio. A CDL Jovem também firmou uma parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Ainda segundo Félix, no RN, as cidades de Jucurutu e Mossoró também devem aderir ao DLI.

De acordo com o diretor de marketing da CDL Jovem, Bruno Félix, o objetivo é materializar a influência dos impostos no comércio. “É um dia de protesto contra a alta carga tributária e também para conscientizar a população de qual seria o valor se não houvesse o imposto. É o próprio empresário que subsidia o valor”, destacou em contato com o portalnoar.com.br.

Ainda em crescimento no comércio natalense, o Dia Livre de Impostos, ou DLI, já é uma data de destaque em outras cidades do país. “Em Natal ainda está crescendo. A participação [das empresas] precisa melhorar muito. Em outras cidades, a data tem sido uma nova Black Friday”, destacou Félix.

Quem pode participar?

Faltando nove dias para a data, a CDL Jovem ainda mantém o convite para que mais empresas se cadastrem para participarem da ação. Lojistas em geral, shoppings centers, postos de combustíveis, centros comerciais, rede alimentícia, além de concessionárias podem se cadastrar. “Qualquer empresa pode participar. Não precisa estar associada à CDL”, acrescentou.

Por que 30 de maio?

De acordo com o diretor de marketing da CDL Jovem, a data marca o prazo em que os brasileiros precisam trabalhar apenas para pagar os impostos. Ou seja, cerca de cinco meses de trabalho são necessários para suprir as taxas.

O Dia da Liberdade de Impostos foi criado pela Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem em 2003 e acontece nas principais cidades do país. O intuito não é a sonegação de impostos, pois nesse dia o empresário arca com os custos da taxação, para não ser repassado aos consumidores. Em 2018 a data contou com a participação de vários estados, com a colaboração de mais de 5 mil shoppings e varejistas.


Portal no Ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente