terça-feira, 30 de julho de 2019

Cientistas descobrem novo método que pode ajudar a curar a calvície


Novos usos de células-tronco e impressão 3D podem enfim significar o fim da calvície, pelo menos para quem tem dinheiro

Uma cura para a calvície pode estar em breve se torando realidade. O The Atlantic relatou um novo experimento que combina células-tronco clonadas e moldes impressos em 3D para suportar os folículos pilosos. Os cientistas tentam clonar cabelo para curar a calvície há anos, mas agora eles estão perto de resolver esse problema usando uma nova técnica para controlar o crescimento dos folículos pilosos, as estruturas internas que produzem o cabelo.

A clonagem de folículos pilosos não é novidade, mas garantir que eles fiquem juntos e cresçam na direção certa é o problema, de acordo com o The Atlantic. Tentativas anteriores resultaram em células que formam folículos frágeis, que se desintegram com o tempo ou que ficaram fora de alinhamento.

Cientistas da Universidade de Columbia construíram um molde impresso em 3D, com consistência similar à gelatina, para manter os folículos clonados no lugar até que eles se desenvolvam o suficiente para se “enraizar” no couro cabeludo.

O ‘detalhe’ é que a clonagem e os moldes impressos em 3D não são baratos. Se esse tipo de cura para a calvície chegar às clínicas e ao mercado geral, ela provavelmente será apenas para ricos, pelo menos nos próximos anos.

Olhar Digital,via Futurism

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente