sexta-feira, 9 de agosto de 2019

PMSB recebe aprovação e deixa Angicos apto para receber recursos federais


O compromisso da gestão Deusdete Gomes com o acesso ao saneamento básico com qualidade e igualdade é visto como pauta relevante para o poder público. Nessa quinta-feira (8/8), foi apresentada a versão final do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) de Angicos. A última audiência Pública foi realizada no plenário da Câmara de Vereadores. A exibição foi feita pela empresa responsável pela elaboração do plano, Start Pesquisa e Consultoria Técnica.

Dois técnicos da empresa apresentaram o produto K do PMSB contendo relatório final; os técnicos Danilo Ferraz e Andressa Dantas conduziram o momento em Powerpoint. Foram feitas as apresentações compiladas do documento contendo 200 páginas. Foram 9 etapas e 12 relatórios, todos aprovados e entregues ao comitê de coordenação. Eles fizeram uma retrospectiva do trabalho, abordando os quatro eixos do saneamento básico, como o abastecimento água, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e a drenagem urbana e manejo de águas pluviais.
Além do comitê de coordenação e execução, o encontro contou com a participação do prefeito Deusdete Gomes (PSDB), o Vereador Neto de Dezin, a Vereadora Edileuza Palhares, secretários municipais, servidores públicos, representantes do Poder Legislativo, STTR/Angicos, da CAERN, IGREJA, FUNASA, e comunidade geral.

Ana Tereza Barreto, técnica da FUNASA usou da palavra e enalteceu a desenvoltura do PMSB. Segundo ela, de 112 municípios acompanhados pelo órgão, o PMSB de Angicos surpreendeu. A execução mostrou efetividade e rapidez no processo. Tudo isso, fruto de parceria e consciência de todos os agentes inseridos nas etapas de construção. Ela destacou o compromisso e empenho da gestão municipal. “Angicos esta habilitado para pleitear recursos federais”, ilustrou.

O Prefeito Deusdete Gomes agradeceu todos os órgãos e agentes envolvidos na construção do PMSB. Na sua óptica, esta é a Obra mais relevante da gestão municipal. “Com a conclusão do Plano, deixamos um legado para os próximos 20 anos. Sem dúvida, esse é o feito mais importante da gestão para o nosso município. O Plano de Saneamento foi construído com a opinião popular efetiva”, ressaltou o Prefeito.

O Plano prevê um planejamento para duas décadas, sendo revisado a cada quatro anos. Uma vez concluído e aprovado, o PMSB passa a ser a referência de desenvolvimento para o município, pois ficam estabelecidas as diretrizes para o saneamento básico e fixadas as metas de cobertura e atendimento com os serviços. Além disso, a existência do Plano é condição para que o município receba recursos da União destinados a serviços de saneamento básico. Esta regra busca a valorização do planejamento e do controle social e consequentemente do bom uso dos recursos públicos.

Assessoria de Comunicação – Prefeitura de Angicos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente