sábado, 21 de setembro de 2019

Sargento PM é morto por assaltantes e polícia está “na cola” dos bandidos


O sargento PM Adailton Cristiano Silva foi executado com tiros na cabeça ao ser reconhecido como policial por bandidos, que mandaram que ele ajoelhasse.
Cristiano, que era evangélico e casado, retornava para casa, após mais um dia de trabalho no 11º Batalhão de Polícia Militar, em Macaíba, quando foi abordado na comunidade do Córrego, em Vera Cruz, por volta das 23:20H.
Informações extraoficiais dão conta que o sargento voltava de um “bico”, quando foi alvo de, pelo menos, três criminosos.
Um dos acusados, que não teve o nome revelado, foi preso logo depois. Policiais estão em diligência, em busca dos outros bandidos.

Adailton Cristiano Silva foi morto a tiros durante um assalto na região de Vera Cruz, município da Grande Natal. O crime aconteceu na noite desta sexta (20). De acordo com a PM, o sargento foi executado assim que os criminosos perceberam que ele era policial. Um dos suspeitos foi preso. G1 RN.
Segundo informações colhidas pelo DL, os criminosos estavam em comboio, em um  Siena prata e um gol roubado em São Pedro do Potengi, em Cana Brava próximo de uma ponte o gol caiu em uma buraco estourando o pneu e o Siena foi desviar caiu em uma ribanceira.

Como ficaram sem veículos, fizeram uma barreira com o gol, o Sgt estava passando furou o bloqueio, atirando alvejou os criminosos e foi alvejado. Parou logo depois sendo retirado do seu veículo e executado.
Ainda segundo informações, os elementos fugiram no Celta do Sgt, mas um pouco depois perderam o controle e caíram na ribanceira. Tomaram umas motos de populares que estavam em uma festa. Logo depois foram interceptados pela VTR, fugiram, ficando um baleado para trás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente