sábado, 30 de novembro de 2019

Com homenagens e troféus, Fecomércio RN celebra 70 anos


Nada melhor do que chegar aos setenta anos reconhecendo aqueles que fizeram parte de sua história. A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio RN) celebrou, na noite da sexta-feira (29), sete décadas de existência e de trabalho em prol do desenvolvimento social e econômico do Rio Grande do Norte. A solenidade reuniu empresários, autoridades e personalidades, que de alguma maneira contribuíram para história da instituição ou de sua missão.

Com o tema “Contribuindo para um Rio Grande do Norte maior e melhor”, a entidade promoveu a entrega do troféu “70 anos da Fecomércio RN”, com o qual a entidade homenageou as empresas potiguares dos setores de comércio e serviço. 

Governo conclui pagamento de novembro do funcionalismo neste sábado


-->
O Governo do Estado conclui o pagamento de novembro neste sábado (30) com o depósito de quase R$ 165 milhões na conta de aproximadamente 50 mil servidores ou 20% do funcionalismo estadual. Os outros 80% já receberam no último dia 15, totalizando uma folha de R$ 486,6 milhões.

Quase 30 mil servidores que ganham mais de R$ 4 mil receberão os 70% restantes do salário – um montante de R$ 103,7 milhões. Além dos R$ 53 milhões referentes ao salário integral dos servidores lotados em órgãos com recursos próprios e da pasta da Educação.

Mega-Sena sorteia R$ 44 milhões neste sábado


A Mega-Sena vai pagar hoje (30) um prêmio de R$ 44 milhões para quem acertar as seis dezenas do jogo. O valor está acumulado dos seis últimos concursos. A aposta mínima custa R$ 4,50, conforme reajuste feito no final de outubro pelo Ministério da Economia.

As seis dezenas serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo (SP). O sorteio é aberto ao público.

Morre mulher baleada no rosto em São Miguel; ex-namorado é suspeito do crime e está foragido


Renata Ranyelle Almeida tinha 23 anos e foi morta com um tiro no rosto — Foto: Redes Sociais/Facebook
A vendedora Renata Ranyelle Almeida, de 23 anos, morreu nesta sexta-feira (29), após ficar seis dias internada no Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, Oeste potiguar. Renata foi baleada no rosto no sábado da semana passada, dia 23, na loja em que trabalhava, no município de São Miguel. O principal suspeito do crime é o ex-namorado dela, que está foragido.

Para a Polícia Civil, Paulo Roberto da Silva, de 36 anos, teria simulado um assalto com a intenção de matar a mulher. O homicídio foi filmado por uma câmera de segurança do estabelecimento. De acordo com o delegado Cristiano Gouveia, responsável pelo caso, a investigação foi afunilando e novos indícios surgiram apontando o ex-namorado como principal suspeito.

Nas imagens, um homem de capacete atira na vendedora enquanto ela estava no caixa da loja, mesmo sem a moça esboçar qualquer reação. Segundo o delegado, algumas pessoas não queriam depor à polícia com medo do suspeito. Por essa razão, a Polícia Civil solicitou na quarta-feira (27) a prisão preventiva temporária, pra prosseguir as investigações.


G1RN

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

BLACK FRIDAY EM RODRIGO LANCHES!

Com um tiro na boca, mulher é morta na calçada de prostíbulo em Mossoró


Uma mulher de aproximadamente 60 anos de idade foi morta no fim da manhã de hoje com um tiro na boca, na porta de um prostíbulo. O crime aconteceu nesta sexta, 29, na Rua Artur Bernardes, no bairro Bom Jardim, em Mossoró, Oeste potiguar.

A Polícia Civil tenta identificar pelas imagens de câmeras de segurança da rua os dois criminosos que, segundo populares, chegaram numa motocicleta e atiraram na vítima, que não teve qualquer chance de reagir.

Segundo informações, a vítima atuava como auxiliar de serviços gerais naquele local.


Agora RN

Em Mossoró, Antenor destaca ações na área de petróleo e gás


O governador em exercício, Antenor Roberto, participou nesta terça-feira (27), em Mossoró, do Fórum Onshore Potiguar e Mossoró Oil & Gas Expo, dois dos maiores eventos nacionais com foco no setor de petróleo e gás. Realizados pelo Sebrae RN e pela Associação Redepetro RN. Especificamente, o Mossoró Oil & Gás Expo Expocenter tem como proposta central discutir a extração em terra e águas rasas, bem como, a cadeia produtiva, incluindo, os fornecedores de bens e serviços nesse segmento.

Na ocasião, Antenor destacou a dimensão e o potencial de negócios apresentados. Enfatizou que “os produtos, serviços e debates demonstram a escala de crescimento de investidores e representantes de empresas da cadeia produtiva atraída para o estado na retomada dos campos maduros de petróleo”. Ele disse, ainda, que o nível dos debates evidencia que o RN inaugura um novo tempo de exploração terrestre, somando-se à presença da Petrobras e de toda a estrutura construída em regiões como Mossoró e Macau. A iniciativa coloca o Rio Grande do Norte como referência e atrativo para empresas exploradoras das atividades de petróleo e seus derivados.
Presente ao evento, a diretora-presidente da Potigás, Larissa Dantas Gentile, expôs os investimentos da companhia em Mossoró em 2019. Foram gastos R$ 1,46 milhão para expansão de 7,4 quilômetros na rede de distribuição do gás natural. Um aumento de 43% no número de clientes na cidade, entre condomínios residenciais, restaurantes, hospitais, entre outros estabelecimentos, formando uma rede que interliga cerca de 700 novos clientes. A expectativa é de que, com a venda dos campos maduros da Petrobras para empresas que começarão a atuar no estado, o gás natural fique mais competitivo.

O potencial on shore (exploração de petróleo em terra) é alto no RN e com isso há perspectivas de o estado tornar-se autossuficiente em relação ao gás natural. Somente em 2019, quase 20 mil metros de novos gasodutos foram implantados na Grande Natal e Mossoró.

“Esse é o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Potigás na distribuição do gás natural canalizado, contribuindo com o desenvolvimento econômico e sustentável do Rio Grande do Norte”, disse Larissa. No RN, são 25.310 clientes sendo mais de 20 mil residenciais, 521 comerciais, 34 industriais e 51 postos de combustíveis. Somente no segmento automotivo, o Gás Natural Veicular (GNV) atende uma frota de mais de 50 mil veículos. Atualmente, há no estado 82 campos produtores de petróleo e gás, com uma produção 38.347 barris dia e 991 metros cúbicos de gás natural ao dia.

Após apresentação do plano de ação do Programa de Revitalização da Atividade de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres (Reate 2020), do Governo Federal, o setor passa a se reorganizar, como evidenciam estes dois eventos com 65 expositores em 80 estandes, sendo 63 empresariais e três institucionais.

Entre as empresas participantes, estão a Potiguar E&P, 3R Petroleum e Petro-Victory, que este ano adquiriram da Petrobras o direito de explorar poços maduros na região, no projeto de vendas de ativos da estatal, e campos na bacia potiguar, em Leilão de Oferta Permanente da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Os debates reuniram cerca de 30 palestrantes em conferências, painéis e minicursos, gerando mais de 150 reuniões de negócios. “Trata-se de um evento forte em termos de qualidade e quantidade, com perspectiva de reunir mais 1 mil visitantes, em razão do momento de otimismo para o on shore”, comenta o presidente da Redepetro, Gutemberg Dias. Ele enfatiza que a aceitação do evento beneficia diretamente Mossoró, porque fortalece o calendário de eventos local, movimenta a economia da cidade, reforçará o conceito do município como a capital do onshore brasileiro, entre outras vantagens.

Recentemente, a ANP realizou um leilão de oferta de novos campos de petróleo, no qual o RN foi o estado que mais ofertou campos de petróleo para exploração e produção, atraindo novas empresas para o estado, como a Petro Victory, Imetam e Geopark Brasil.
Fotos: Demis Roussos