sábado, 9 de novembro de 2019

Foi mal no primeiro dia de Enem? Não desanime, orientam especialistas

Ana Maria Barrere, de 18 anos, estava nervosa no domingo passado, dia 3 de novembro, quando começou a fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Depois da prova, conferiu o resultado em gabaritos extraoficiais e constatou que seu desempenho foi abaixo do que esperava. “Sou bem melhor em Ciências Humanas. Fico só imaginando como irei em Exatas. Tento continuar estudando, mas fiquei totalmente desanimada”, conta.

É comum que o candidato se frustre e perca o ânimo para se dedicar à segunda etapa do Enem. “A gente tem uma meta, cria expectativas, investe tempo e energia durante um ano inteiro, abdica de tantos momentos de lazer, mas aí avalia que não teve o êxito esperado. Isso dá uma desanimada – é uma sensação natural”, explica Thais Monteiro, psicóloga clínica, psicopedagoga e neuropsicóloga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente