quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Assembleia lança edição 2017 da revista anual com ações que aproximam sociedade

Transparência e prestação de contas em matérias especiais. Esse é o objetivo da Revista Anual da Assembleia, lançada nesta terça-feira (12) durante a sessão solene de entrega de medalhas do Mérito Legislativo, Educacional, Social e Cultural. A publicação anual é produzida pelos repórteres, fotógrafos e publicitários que compõe as Coordenadorias de Comunicação Social e Imprensa e Divulgação e reúne os principais acontecimentos da Sessão Legislativa e presta contas do trabalho dos deputados estaduais, com destaque para as ações que aproximam a Casa da sociedade.

O lançamento aconteceu durante a solenidade da entrega das medalhas do “A Revista da Assembleia promove um encontro entre os cidadãos e o legislativo estadual, entre a sociedade e a atuação parlamentar. Ao explorar as matérias, os leitores vão descobrir alguns dos principais objetivos que movem a Casa: estar próxima ao povo e concentrar olhares para os problemas reais que a população enfrenta", destacou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB). 

A edição deste ano traz alguns diferenciais. Um deles é a própria capa, produzida a partir de uma imagem feita pelo fotógrafo Ney Douglas e ilustração da artista plástica e radialista Rita Machado, ambos servidores da Assembleia, e que retrata a aproximação entre a Casa e a sociedade. Com esse mesmo víeis grande parte das matérias trazem as ações realizadas pelo Legislativo que interiorizam o seu trabalho, a exemplo do programa Assembleia & Você.

Outras matérias destacam nas páginas da Revista da Assembleia capítulos importantes da história potiguar, como o pioneirismo das mulheres da vida pública, a origem dos símbolos oficiais do Estado e um pouco da biografia dos patronos da Casa, ou seja: dos homens e mulheres que emprestaram seus nomes para espaços e setores do legislativo potiguar.

Os números do Planejamento Estratégico da gestão e a atuação do legislativo em favor de causas sociais, a exemplo da campanha para doação de órgãos, foram transformados em textos leves e de fácil compreensão.


Com 55 páginas, a distribuição da Revista Anual da Assembleia é gratuita.

ALRN