terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Huawei pode revelar smartphone e bater de frente com Galaxy S9

Da mesma forma que, por muito tempo, a guerra das câmeras mobile se apoiou no número de megapixels do sensor, a nova medida de comparação no setor parece ser a quantidade de lentes traseiras acopladas ao celular. E, se depender do novo Huawei P11, a fabricante chinesa pode sair na frente de outras marcas populares desse mercado, ostentando um conjunto de “apenas” três lentes principais.

A confiança no gadget parece tão grande que a empresa pode estar planejando seu anúncio para o MWC 2018. O Objetivo disso? Bater de frente com ninguém menos que o vindouro Galaxy S9. Além de uma aposta ousada em seu top de linha, a Huawei pode estar dando sequência à agenda de lançamento de 2017, já que o Huawei P10 também foi revelado durante a feira realizada anualmente em Barcelona. 

A diferença, aqui, é que a Samsung também pode trazer os primeiros detalhes oficiais da dupla Galaxy S9 e S9+ no evento, fazendo com que a disputa pelo destaque da vez seja, no mínimo, bastante acirrada. Como a sul-coreana pode estar mais preocupada em despachar um upgrade direto para a família S8 do que uma revolução mobile propriamente dita, a chinesa tem boas chances de conquistar o público.

Trio de câmeras de 40 megapixels

Pudera, já que os rumores sobre o P11 indicam que teremos um aparelho de cair o queixo. O trio de câmeras de 40 megapixels, por exemplo, deve ter seu uso potencializado pelo novo processador Kirin 970. Isso porque o SoC desenvolvido pela própria Huawei deve trazer uma unidade de processamento neural capaz de combinar as imagens de forma muito mais inteligente, escolhendo os melhores atributos de cada captura e combinando tudo em uma foto de altíssima qualidade.

Considerando o desempenho da marca com seu Mate 10 Pro, as expectativas em torno do Huawei P11 são bem altas. Será que isso vai ser o suficiente para tirar os holofotes da Samsung? Veremos esse celular oficialmente em terras brasileiras algum dia? Deixe a sua opinião sobre o dispositivo mais abaixo, na seção de comentários.

TecMundo