sexta-feira, 17 de maio de 2019

Polícia divulga identidade de presos em operação contra pedofilia no RN


Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (DCA) deflagraram, nesta sexta-feira (17), a Operação Inocência Ferida, em alusão ao “18 de Maio”, instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Até o momento, foram cumpridos seis mandados de prisão, em Natal e Ceará-Mirim.

Em Natal foram presos Ailton Souza da Costa, de 58 anos, José Marcelino da Silva, 66 anos, Antão Sena Neto, 60 anos, Clemilson de Melo Lima, 64 anos, e Kelton Thiago Gomes da Silva, 33 anos. Em Ceará-Mirim, foi preso Sérgio Souza Gomes, 32 anos.


A operação foi coordenada pela delegada Igara Rocha, titular da DCA, e contou com a participação de policiais civis das seguintes unidades: Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (DCA), Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), Delegacia Especializada de Capturas (DECAP), Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC), 7º Distrito Policial, 9º Distrito Policial, 13º Distrito Policial, Delegacia de Extremoz, Delegacia de Ceará-Mirim, Delegacia de Macaíba e 2º Distrito Policial de Parnamirim.

18 de Maio

Instituído pela Lei Federal 9.970/2000 como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, em memória à menina Araceli, uma das mais emblemáticas vítimas de violência contra a criança no país. Araceli Cabrera Crespo tinha 8 anos, quando foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada, no Espírito Santo, em 1973, e até hoje ninguém foi punido pelo crime.


Portal no Ar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente