quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Governo do RN propõe pagar ativos e sindicato marca assembleia para decidir sobre paralisação da Polícia Civil


Secretária de Segurança, Sheila Freitas se reuniu nesta manhã com o Sindicato da Polícia Civil (Sinpol-RN) e Associação dos Escrivães (Assesp) — Foto: Sinpol-RN
O governo do Rio Grande do Norte apresentou ao Sindicato da Polícia Civil do estado (Sinpol-RN) e Associação dos Escrivães (Assesp) uma proposta para o fim da paralisação de agentes e escrivães, iniciada na manhã da quarta (26). Segundo o Sinpol, a proposta é pagar somente aos ativos, nesta sexta-feira (28), o 13º salários atrasado de 2017. A categoria reinvindica, no entanto, além do benefício atrasado, também a definição de quando serão pagos os salários de dezembro e o 13º deste ano.

"Agora, vamos nos reunir em assembleia às 11h, na Central de Flagrantes, para decidirmos o futuro da paralisação", disse Nilton Arruda, presidente do Sinpol.

"A proposta que recebemos foi essa – de o governo pagar apenas aos ativos – deixando de fora aposentados e pensionistas, sem falar que a proposta não menciona nada sobre o 13º deste ano nem fala do salário de dezembro", ressaltou Nilton.

G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente