quarta-feira, 29 de julho de 2020

SERVIDORES ABANDONADOS? – Muita reclamação sobre a paralisação dos Consignados em Angicos


A atual gestão da prefeitura de Angicos só funciona na pressão, e isso já vem sendo confirmado por diversas vezes somente esse ano.

Outro exemplo claro disso é o da Lei, de autoria do vereador Cloves Tibúrcio, que autoriza a paralisação dos empréstimos consignados dos servidores do município de Angicos.

Depois de uma demora enorme em sancionar a referida Lei, por parte do prefeito Deusdete Gomes, os servidores municipais que querem a benfeitoria garantida por esta, estão sem entender nada.

Depois que esse blog cobrou providências, atendendo vários servidores que estão esperando o benefício, o prefeito emitiu finalmente Nota, nesta segunda-feira, 28, explicando que já enviou o comunicado aos bancos, e que os funcionários municipais podem procurar a agência do Banco do Brasil e a Caixa.

Aí ficamos sem entender, como pode o poder público municipal de Angicos simplesmente abandonar os servidores assim. Em vez de ajudar, a prefeitura apenas notifica os bancos sobre a lei, e depois manda recado aos servidores dizendo: “recomendamos aos servidores que se dirijam as suas instituições a que têm consignados a fim de tratarem de assuntos dos seus interesses”. E ponto. Ficam os servidores sem entender, literalmente “a ver navios”.

O governo do estado ao contemplar os servidores estaduais, criou um mecanismo para que os funcionários do estado possam pedir seus descontos diretamente, sem precisar ir ao banco, pois a Lei já está clara e estamos em tempos de pandemia.
O prefeito de Angicos, prefere ignorar que existe uma assessoria jurídica a serviço da população, paga com o dinheiro do povo, e que ele tem o poder de criar mecanismos para ajudar os servidores.

Em vez disso, diz que “ao município resta somente aguardar a solução encontrada entre o servidor e sua instituição financeira”.

Os funcionários se quiserem, que procurem a agência da Caixa, em Assú, ou o Banco do Brasil, sem receberem nenhum apoio da prefeitura no sentido de negociar e agilizar o que está garantido pela Lei.
Lamentável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente