quinta-feira, 8 de março de 2018

Carros brasileiros começam a adotar as placas do Mercosul em setembro

Nova placa de identifição padrão Mercosul (Foto: Divulgação)
Depois de diversos adiamentos, os carros brasileiros finalmente ganharam uma data para adotarem um novo tipo de placa de identificação com o padrão dos países do Mercosul. Segundo a resolução publicada hoje (08) no Diário Oficial da União (DOU), todos os veículos novos deverão adotar a placa até 1º de setembro de 2018. Mas o prazo final para que toda a frota brasileira use esse novo tipo de identificação é 31 de dezembro de 2023.

De acordo com o texto, o órgão de trânsito de cada estado decidirá o início da implementação.

Como será a nova placa? 

As placas deverão ter o fundo branco com a margem superior azul. No lado esquerdo, deverá constar o logotipo do Mercosul, do lado direito a bandeira do Brasil e a identificação da cidade e estado. No centro, haverá o nome do nosso país. Segundo a resolução, todas as placas terão sete caracteres alfanuméricos estampados em alto relevo, com uma combinação aleatória a ser fornecida e controlada pelo Denatran.  Atualmente, a combinação é formada por três letras e quatro números.

Para aumentar a segurança e evitar a clonagem, as placas terão chip e código de barras bidimensionais dinâmicos (QR code).
  
Por que as placas vão mudar?

Além de padronizar o sistema de identificação para os veículos que circulam nos países do bloco, a unificação das placas também tem o objetivo de facilitar as informações entre os países, ter maior controle sobre as infrações dos veículos, ajudar no combate à clonagem de carros e roubos de carga.

Auto Esporte, G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente