quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Monitor da Violência: um ano depois, 73% dos inquéritos de mortes violentas não foram solucionados no RN


Um ano depois, apenas 27% dos casos de mortes violentas registrados no Rio Grande do Norte, de 21 a 27 de agosto de 2017, foram solucionados pela Polícia Civil (Foto: Ney Douglas)
Um ano depois, apenas 27% dos casos de mortes violentas registrados no Rio Grande do Norte, de 21 a 27 de agosto de 2017, foram solucionados pela Polícia Civil. O levantamento do G1 mostra que do total de 64 casos ocorridos naquela semana de agosto - entre latrocínios, homicídios e suicídios - 17 foram resolvidos pela polícia.

Destes, cinco foram de suicídios, duas pessoas foram mortas em confronto com a polícia e os 10 restantes foram execuções, segundo a polícia. Entre todos esses casos solucionados pela Polícia Civil e remetidos à Justiça, nenhum foi julgado. Ninguém foi condenado.


G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente