domingo, 30 de agosto de 2009

Galera festeira “cai dentro” com evento da TOP DE LINHA


Domingão....uhaa!

Acordando mais tarde, depois da festa...

A festa que acabou por volta das seis horas da manhã.

Foi um sucesso.

Mais uma vez está de parabéns meu amigo Izaque Braga. Mais um evento de sucesso.

Pode balançar foi muito bem, deu show. Um destaque vai para o meu amigo Manoel, maestro e pau pra toda obra. Ele deu o ar da sua presença no contrabaixo.

Meu cumprimento especial vai para os brothers do ARRA’PAZZIADA. Gravando DVD e tudo mais, a banda mostrou um grande entrosamento. Gostei.

Talvez a melhor apresentação do grupo em solo angicano.

Parabéns também para o guitarrista Everaldo. O cara ta tocando muito.

O Grafitão é que pisou um pouco na bola. Começou a tocar por volta de quatro e meia da manhã.

Muita gente já tava indo embora.

Mas fora isso, tudo muito bom.

Pena que talvez tenha sido o último show na CASA D SHOWS FORRÓ CENTRAL.

Depois eu explico essa estória.

Bom domingo a todos!!

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

FALTA DE SEGURANÇA E POUCA AÇÃO

POLICIAIS REIVINDICAM CONVOCAÇÃO DE TRÊS MIL SUPLENTES

Policiais e bombeiros militares estiveram presentes ontem quarta-feira (26), na Assembleia Legislativa, na sessão que discutiu a formação de uma Comissão para a constituição do Novo Estatuto da Polícia Militar do Rio Grande do Norte.

O evento serviu de palco para que suplentes do concurso da Polícia realizado em 2007, que tem validade até novembro próximo, pedissem a convocação imediata. Os pontos da pauta foram apresentados pela Associação de subtenentes e sargentos, policiais e bombeiros do RN.

Outros assuntos abordados foram a criação do código de ética e disciplina em substituição ao Regulamento Disciplinar da Polícia Militar (RDPM) e o cumprimento da Lei 273/04 que estabelece os soldos dos militares estaduais.

De acordo com o sargento Eliabe Marques, a Lei vem sendo descumprida desde 2005, quando os vencimentos dos alunos-soldado, soldados e cabo foram equiparados em R$ 465, ferindo o princípio da hierarquia.

Os policiais querem também a criação do novo estatuto, já que o antigo data de 1976, portanto antes da nova Constituição. O presidente da Assembleia, o deputado Robinson Faria, sugeriu no pronunciamento que fosse formada uma Comissão com a participação das Associações dos Cabos e Soldados,subtenentes e sargentos, bombeiros militares, policiais do Seridó e Mossoró e do Agreste.

Nota do Blog: com tanto suplente esperando, é inadmisivel que a Governadora não tenha o respeito necessário pelo povo já muito sofrido do RN e não convoque esses políciais. Tanta criminalidade no estado e tanta falta de ação.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

CRÔNICA A UMA DAMA IMORTAL

DONA ZÉLIA, O SOL DO SABER ANGICANO

Angicos está de luto. Angicos amanheceu triste. Angicos chora a perda da maior prefeita de sua historia. Morreu Maria Zélia Moreira Alves da Cunha, uma mulher a frente do seu tempo, que escreveu e fez a historia dessa cidade.

Nossa terra sente a falta de uma das suas maiores filhas.

O legado deixado por dona Zélia permanece vivo e presente no município e todos conhecem e respeitam o espólio cultural e histórico dessa grande mulher.

Dona Zélia foi mulher, mãe, avó, professora, prefeita, escritora, historiadora, guerreira e cidadã preocupada com os rumos dessa terra, da nossa gente. Muito conquistou, muito lutou e muito fez por Angicos. Quando prefeita, trouxe o Açude Novo Angicos, o Centro Social Urbano, Clube Municipal, Abrigo dos Idosos, o Projeto Sertanejo, creches para as crianças mais carentes, desenvolveu bairros como o Alto da Alegria, levando água e luz a população do lugar, construiu um grande conjunto de casas como a COHAB, realizou grandes eventos festivos e educacionais, preocupou-se com a cultura, enfim promoveu uma revolução na administração municipal.

O livro editado por Maria Zélia, ANGICOS ONTEM E HOJE, continua sendo referencia para a educação e população depois de décadas passadas. Dois outros estavam sendo escritos por ela, e agora, infelizmente, ficarão sem complemento.

Dona Zélia era fonte constante de consultas, era uma verdadeiro manancial de saber, levando esclarecimentos acerca da nossa historia a todos que a procuravam.

Escrevia também poesias e crônicas, essas em menor número, mas sempre bem trabalhadas, típicas da sua genialidade nata.

Poucos sabiam, talvez só os mais íntimos, mas ela também se aventurava, na juventude, pelos caminhos do desenho artístico, da arte.

Sua adolescência no colégio de freiras, em Natal, e sua evolução educativa, alçaram-na rapidamente a condição de uma mente brilhante.

Ela poderia ter escolhido outros caminhos, pois vinha de família abastada, de posses, mas o amor a sua terra não permitiu que fosse embora, dedicando toda a sua vida em prol do povo dessa cidade. Muito se tem e muito se pode falar sobre ela, e com certeza será falado, mas tudo será pouco para descrever a importância dessa magnífica dama, para o desenvolvimento do povo de Angicos.

Finalizo, já na dificuldade gerada pela emoção, deixando uma frase do padre Vicente Fernandes, pároco local.

“E agora, aonde os angicanos irão quando tiverem dúvidas, a quem recorrerão?...”

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

PRODUÇÃO DE PETRÓLEO DO RN CAI

A produção de petróleo no Rio Grande do Norte continua em declínio. De acordo com um levantamento feito pelo economista Aldemir Freire baseado nos dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP), a queda na quantidade do óleo extraído no estado vem se acentuando desde 2000, atingindo seu pior resultado em janeiro deste ano. E os números mais recentes confirmam que essa linha deve continuar descendente: segundo a agência, a produção de junho deste ano atingiu aproximadamente 1,74 milhão de barris de petróleo, contra 1,77 milhão do mesmo mês de 2008. Além de servir de alerta para o Rio Grande do Norte em relação ao enfraquecimento desta riqueza natural, uma vez que são recursos não renováveis, o movimento também acende o sinal amarelo para os cofres públicos municipais e estaduais, cujos royalties pagos pela Petrobras são afetados por essa redução.

Para se ter uma ideia, a partir do ano 2000 a produção de petróleo encara uma curva de queda: em junho daquele ano, a produção atingiu 2,6 milhões de barris, enquanto em 2009 ficou em 1,74 milhão, uma queda de 33%.

Este ano, com as chuvas que caíram no RN, a Petrobras teve problemas na extração em alguns poços, afetando a produção. Entre os meses de abril e junho de 2009 foi preciso fechar 388 dos 4.317 poços em produção no Rio Grande do Norte. Desse total, atualmente, apenas 23 poços permanecem fechados e, em breve, devem voltar à atividade. Contudo, mesmo sem estas adversidades, a companhia não pretende voltar aos patamares do início da década. A meta é manter os níveis atuais de produção de óleo e gás. "A queda na produção de petróleo e gás no Rio Grande do Norte, nos últimos anos, deve ser entendida como uma decorrência do declínio natural", informou a Petrobras.

RUBINHO RENASCE EM VALÊNCIA E CONQUISTA 100ª VITÓRIA DO BRASIL

Uma cena que não acontecia desde 26 de setembro de 2004 foi vista neste domingo, em Valência: Rubens Barrichello cruzando a linha de chegada de uma corrida de Fórmula 1 na primeira posição. Com uma grande atuação no GP da Europa, o brasileiro foi o melhor do dia e renasceu na temporada 2009.

De quebra, Rubinho ainda entra para a história como o responsável pela centésima vitória brasileira na história da principal categoria do automobilismo mundial. Trata-se da décima vez que ele vence na Fórmula 1, a primeira sem estar guiando uma Ferrari.

Anteriormente, Barrichello havia triunfado uma vez no ano 2000 ( Alemanha), quatro em 2002 (Europa, Hungria, Itália e Estados Unidos), duas em 2003 (Inglaterra e Japão) e duas em 2004 (Itália e China).

domingo, 23 de agosto de 2009

Poesia no domingo

Aproveito pra deixar uma poesia minha, neste domingão espetacular, onde tive a alegria de ver Rubinho vencendo mais uma corrida.


O feitiço dos deuses


Seus cabelos negros balançavam

E eu olhava

Como serpentes encantadas deslizavam

E eu olhava

Pareciam com cascatas

E eu olhava


Os seus olhos enfeitiçavam

E eu olhava

Como diamantes ofuscavam

E eu olhava

Escondiam o mistério

E eu olhava


Seus lábios se expandiam

E eu olhava

Os seus dentes reluziam

E eu olhava

Sua boca fascinante se abria

E eu sonhava

CAPRIFEIRA REÚNE GRANDE PÚBLICO COM FERRO NA BONECA E RESENHA

Estive neste sábado (e madrugada de domingo) no parque de exposições Nélio Dias, local da CAPRIFEIRA da região Central. Entre stands e mais stands de exibição de diversas raças de cabras e ovelhas – coisa muito boa, por sinal – uma grande multidão mostrou a força da FEIRA e prestigiou o evento, regado a muita cerveja e forró.

Ferro na Boneca deu um show e Forrozão Resenha idem. Quero mais uma vez parabenizar essa banda que é orgulho angicano e mostrou mais uma vez a sua popularidade. No mesmo nível de FERRO, RESENHA mandou ver e mostrou o talento angicano.

De mais, muita gente, muita gente, e tudo tranqüilo, quer dizer, quase tudo, porque teve uma serie de brigas rapidamente finalizadas pela polícia. O aparato policial funcionou perfeitamente e coibiu os excessos, quase sempre por álcool.

O destaque negativo vai pro GTO – Grupo Tático Operacional, que usou de muita violência para conter jovens que quase nem esboçavam reação. Muita pancada desnecessária e mão na cara. É por isso que o GTO tem a fama de só vir pra matar ou baixar o pau.

Bem, mas o resto foi massa. Aproveito e mando um abraço para o casal amigo Caxita e Aninha.