segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Homem morre após ser atropelado em corrida de buggy em dunas no RN; vídeo mostra acidente

André Luis Josuá de Lima era policial civil, chegou a ser socorrido, mas não resistiu (Foto: Reprodução)
Um homem morreu atropelado na tarde deste domingo (27) durante uma corrida de buggy que aconteceu na praia de Jacumã, em Ceará-Mirim, no litoral norte potiguar. André Luis Josuá de Lima, de 47 anos, era policial civil e estava abaixado fotografando os carros, perto de uma curva do percurso. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Veja o momento do acidente no vídeo acima.

Imagens registradas por um espectador mostraram o momento do acidente. André estava registrando fotos da competição, quando, numa das curvas do circuito, foi atropelado por um dos veículos que participavam da corrida. A curva onde aconteceu o acidente era sinalizada apenas por bandeiras. André chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

VEJA O VÍDEO CLICANDO AQUI!

O organizador do evento, Cléber Pereira, afirmou que a corrida foi autorizada pela secretaria de Turismo e Meio Ambiente de Ceará-Mirim e homologada pela Federação Potiguar de Automobilismo. Ele disse ainda que todas as medidas de segurança foram adotadas, inclusive, com a sinalização correta, presença de uma equipe de pronto-atendimento e bombeiros civis no local. A organização disse ainda que está solidária à família da vítima.

Mais de 20 pilotos participaram da corrida, que tem várias etapas. Na etapa que aconteceu o acidente, seis carros estavam competindo. Durante o percurso, os veículos podem chegar a atingir mais de 100 quilômetros por hora.

A Polícia Civil emitiu uma nota de pesar. Confira a íntegra da nota:
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte perdeu um dos seus policiais mais humanos e comprometidos com a instituição, na tarde deste domingo (27), durante um acidente. De forma trágica e completamente inesperada, o agente de polícia André Luis Josuá de Lima foi atropelado por um veículo e não resistiu aos ferimentos. É com imensa tristeza, que nós integrantes da Polícia Civil falamos da partida de Josuá. Com certeza, o seu sorriso, sua alegria e sua presença cativante estão marcadas na memória de todos que puderam trabalhar ao lado dele. Estamos consternados com a notícia e nesta hora difícil nos resta mandar consolo e força ao coração dos familiares.

G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente