terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Líder do Governo diz que emendas do Vereador Jalmir Dantas prejudicam serviços ofertados pelo município


Vereadores do município de Angicos andam descontentes com a atitude dos colegas parlamentares que integram a base de oposição ao Governo. O motivo: a aprovação de emendas ao Projeto nº001/2018 destinado à contratação temporária de pessoal para prestação de serviços de excepcional interesse público.

A reclamação foi externada nesta terça-feira (30/01) pelo vereador Líder do Governo na Câmara, Neto de Dezin (PSDB), que vê como um prejuízo enorme à população a aprovação das três emendas acrescentadas ao projeto original encaminhado pelo Prefeito Deusdete Gomes [PSDB] para apreciação da Câmara durante sessão extraordinária. O parlamentar Tucano explica que, à medida afeta diretamente os serviços considerados excepcionais à população:

Foram cortados mais da metade dos servidores contratados, entre os quais; Professores, Vigias, ASG’s, merendeiras, psicólogos, visitadores do programa Criança Feliz, motoristas, recepcionistas, técnico de abordagem, Orientador Social, Operador técnico CADÚNICO/BOLSA FAMÍLIA e Digitadores. "Eu pergunto: Como funcionará os programas sociais com esse desmonte todo? Isso trará sérios danos a população, pois os serviços funcionarão com dificuldade. Infelizmente, quem sofre com isso é a nossa população", afirma Neto de Dezin.

Ele contesta ainda a constitucionalidade das emendas substitutivas e modificativa apresentadas pelo Vereador Jalmir Dantas [PSB]. Segundo Neto, os Artigos; 104, 151, 154 do Regimento Interno da Câmara, vetam o dispositivo apresentado pelo Vereador oposicionista que mesmo assim prossegue com esse abuso das prerrogativas retruca Neto de Dezin.

Não concordando com a atitude absurda dos Vereadores de oposição, a bancada de sustentação ao Governo composta pelos Vereadores; Neto Maciel [PSDB], Neto de Dezin [PSDB], Edileuza Palhares [PMDB] e Marcos Loló [PMDB] se abstive de votar nas emendas e na Redação final do projeto e acompanhou favoravelmente o Projeto original do Executivo sem modificações.

Angicos Noticias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente