quarta-feira, 27 de maio de 2020

Operação prende servidor do Itep e outras duas pessoas por falsificação de identidades no RN

Um servidor do Instituto Técnico-Científico de Perícia e outras duas pessoas foram presos na manhã desta quarta-feira (27), por crime de fabricação de carteiras de identidade falsas, após a Polícia Civil deflagrar a Operação Identidades.

As três pessoas são investigadas pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor). Segundo a corporação, eles eram responsáveis pela confecção de identidades ideologicamente falsas para criminosos foragidos da Justiça do Rio Grande do Norte e de outros estados.

Procurada pelo G1, a Polícia Civil informou que o delegado responsável pelo caso ainda deverá se pronunciar sobre as investigações.

Já o diretor do Itep, Marcos Brandão, confirmou que um dos presos é servidor da Datanorte que estava cedido ao Itep e trabalhava na Central do Cidadão do shopping Via Direta, na Zona Sul da capital.

Em nota, o instituto afirmou que, além de responder criminalmente, o servidor também será alvo de um procedimento administrativo na corregedoria e que a administração está disponível para colaborar com as autoridades policiais.

"O Itep também destaca que está em processo para inaugurar a adoção da identidade biométrica, que irá dificultar ainda mais a produção de documentos de identidade falsos. Essa iniciativa sofreu um atraso mediante o momento de pandemia do coronavírus", informou.

G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente