sábado, 26 de outubro de 2019

PSL quer lançar Joice à Presidência da República no lugar de Bolsonaro


O PSL pretende lançar a deputada Joice Hasselmann como pré-candidata à Presidência. A ala ligada ao presidente da sigla, Luciano Bivar, quer empinar o nome dela como um contraponto ao presidente Jair Bolsonaro.

MODERADA
“O presidente prometeu na campanha que não disputará a reeleição. A Joice, portanto, é o nome ideal. Ela é bolsonarista, mas não olavista [da ala ligada ao escritor Olavo de Carvalho]. É conservadora, mas moderada”, diz o deputado Junior Bozzella (PSL-SP), que tem sido porta-voz de Bivar.

DO BEM
Ele segue: “Joice representa a ala equilibrada e inteligente do PSL, contra os xiitas e radicais. É a direita do bem, que é liberal na economia mas não ataca as mulheres e os diferentes”.

VEM COMIGO
Bozzella afirma que já falou com a deputada. “O projeto dela é ser prefeita de SP, mas estamos conversando para convencê-la”, diz.

VELHA URNA 
O PT criou uma comissão para averiguar denúncias de fraudes no PED, o processo de eleição direta do partido —em setembro, cerca de 350 mil filiados votaram para escolher diretórios municipais e delegados estaduais e nacionais que elegerão os dirigentes do partido.

MORTO 
Alguns requerimentos, entre os mais de duzentos encaminhados à executiva nacional, dizem que até mortos chegaram a votar.

VIVO 
Mas a confusão é grande: um dos militantes dado como morto na Bahia reapareceu nesta semana e gravou um vídeo mostrando que está “vivinho”. “Como é que tá morto um homem desses?”, questiona ele.

DE NORTE A SUL 
A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, diz que as denúncias são “residuais” se for considerado que as eleições ocorreram em 3.065 municípios do país. Houve queixas em estados como Maranhão, Pernambuco, Paraná, Rio, Minas e São Paulo.

BOLO
E o PT prepara festa de comemoração do aniversário de Lula, 73, no dia 27, na vigília em frente à Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde ele está preso.

TODO CUIDADO
A ideia inicial era celebrar também a possibilidade de ele ser solto. A indefinição do STF, no entanto, adiou a comemoração.

Mônica Bergano, Folha de S. Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente