terça-feira, 29 de setembro de 2020

Brasil é o 2º pior em número de computadores por estudante

Mesma aula que acontece na escola é transmitida pela internet para os alunos que estão em casa — Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV Cabugi


O Brasil é o segundo país com a menor quantidade de computadores por estudante na escola em um ranking de 79 países e territórios feito pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e divulgado nesta terça-feira (29).

De acordo com o levantamento, na classificação dos países pelo percentual de computadores nas escolas conectadas à internet, o Brasil aparece na 52ª colocação.

 

Em ambos os rankings, o Brasil está abaixo da média entre todos os analisados: 23ª posição em número de computadores por estudante na escola e 41º em percentual de equipamentos conectados à internet.

 

Os dados são do estudo "Políticas Eficazes, Escolas de Sucesso", relatório feito a partir de dados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês) 2018.

 

Em número de computadores por estudante na escola, o Brasil fica à frente apenas do Marrocos. Além desses dois países, aparecem nas cinco últimas posições Albânia (75º colocado), Montenegro (76º) e Kosovo (77º). Todos esses cinco países têm 0,2 computador por estudante ou menos (0,1 é a pontuação de Brasil e Marrocos, por exemplo), segundo dados do Pisa.

 

Já os primeiros cinco colocados desse ranking são Luxemburgo, único da lista com mais de 1,5 computador por aluno, Reino Unido, Estados Unidos, Macau (China) e Nova Zelândia.

 

Apesar de fazer referência a 79 países e economias como integrantes desse ranking, alguns sistemas de ensino não são países independentes. Por exemplo: Macau, Hong Kong e quatro províncias agrupadas da China continental (Pequim, Xangai, Jiangsu e Zhejiang) recebem três notas diferentes. Além disso, a média dos países da OCDE também aparece no ranking.

 

Internet nas escolas

 

Quanto à conectividade das escolas, medida pelo percentual de equipamentos na escola conectados à internet, o Brasil é o 52º colocado no ranking de 79 sistemas de ensino. Ficando à frente, nessa classificação, de países como Israel (58º colocado), e vizinhos da América do Sul, como Colômbia (71º) e Argentina (72º).

 

Os cinco primeiros colocados desse ranking são, pela ordem, Dinamarca, Suécia, Finlândia, Estados Unidos e Estados Unidos.


G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente