sábado, 25 de junho de 2022

Indecisão de Styvenson favorece Fábio Dantas ou Fátima? Números ainda não mostram isso

Durante a semana saiu uma importante pesquisa do Instituto Seta em que trouxe um comparativo inédito desde que o atual cenário se formou: cenários com e sem o senador Styvenson Valentim (Podemos). A variação é necessária por causa do titubeio do parlamentar em disputar o Governo do Rio Grande do Norte.

Em tese, a indecisão de Styvenson, deveria favorecer o ex-vice-governador Fábio Dantas (SD) que tem apostado tudo no voto anti-PT.

O senador tem 11,7 pontos percentuais enquanto o ex-vice de Robinson Faria tem 12,1. No cenário que exclui o parlamentar Fábio sobe apenas 1,5 pontos percentuais e até a governadora Fátima Bezerra (PT) melhora 0,9.

Os votos de Styvenson se espalham também entre Clorisa Linhares (PMB) e Wesli Natal Zueira (DC), mas principalmente entre brancos, nulos e nenhum que sobem de 16,1 para 21,3. Indecisos saem de 20,1 para 22,3.

O não voto é quem mais cresce com a ausência do senador.

Lá na frente esses votos podem até migrar para Dantas em forma de protesto contra uma Fátima Bezerra desaprovada por 45% dos eleitores segundo a mesma pesquisa Seta que trouxe aprovação de 46%.

Sem Styvenson o eleitor médio do senador prefere recuar para avaliar a oferta de candidatos. O desafio para Dantas será convencer que ele merece a confiança do eleitor.

As quatro folhas atrasadas deixadas pelo governo Robinson serão uma barreira para isso.

Fonte: Blog do Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente