quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Tragédia em Angicos: Casal cometeu suicídio ou homem pratícou feminicídio?




Uma tragédia aconteceu no começo da noite desta quarta-feira, 16 de outubro, em Angicos.
O fatídico aconteceu no bairro Alto da Cerâmica (Bairro Zélia Alves), próximo a estrada velha que leva a BR 304.
 
Uma mulher morreu e o companheiro foi socorrido pela Samu em estado grave.
As primeiras informações, ainda desencontradas, apontam possíveis versões para o que aconteceu.
Ainda existem muitas dúvidas a serem esclarecidas.
Mas as principais versões falam em suicídio ou homicídio seguidos de tentativa de suicídio.

Witamara de Souza Cunha teve a morte confirmada inicialmente por asfixia, e teve o corpo recolhido pelo ITEP, para analises. No primeiro momento a polícia civil diz não ter sinais de violência praticada contra ela.
O homem, conhecido popularmente como “Deri”, foi encontrado desacordado ao lado dela, tendo provavelmente praticado suicídio. A dúvida da polícia é com relação a morte da companheira deste. Se foi cometido feminicídio contra ela ou se foi suicídio.
As primeiras versões de populares falavam de enforcamento duplo. Depois a versão inicial foi mudada, passando a ser dito que ele estava desacordado ao lado do corpo da mulher, possivelmente vitima do efeito de veneno ou algo similar.
Em uma das versões apresentadas pelos vizinhos, os dois teriam tentado suicídio e a mulher foi a óbito, enquanto o homem, conhecido popularmente por "Deri", foi encontrado ainda com vida, e socorrido pelo serviço móvel de urgência, o SAMU, que o levou para Mossoró em estado grave.

Já em outra versão ele supostamente teria praticado o crime, matando a mulher, e depois tentou cometer suicídio.

O casal deixa dois filhos pequenos, segundo os conhecidos, e é uma trágica perda para os familiares dos dois.
Em breve essa notícia será atualizada com informações mais precisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente