quarta-feira, 8 de abril de 2020

Assembleia Legislativa reconhece calamidade pública em Angicos e outras 28 cidades do RN por causa do coronavírus

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte declarou calamidade pública em 29 municípios por causa da crise do coronavírus do estado após votação virtual na terça-feira (7). Os deputados reforçaram ainda a necessidade da população potiguar permanecer em casa para tentar conter o avanço da Covid-19.

Os municípios são Apodi, Afonso Bezerra, Angicos, Baía Formosa, Barcelona, Baraúna, Boa Saúde, Campo Redondo, Ceará Mirim, Doutor Severiano, Extremoz, Lagoa de Pedras, Macaíba, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Natal, Pau dos Ferros, Santa Cruz, Santana do Matos, São José do Campestre, São Miguel, São Rafael, Serra Caiada, Serra do Mel, Serrinha, Taipu, Umarizal, Upanema e Vera Cruz.

“Apesar da suspensão dos trabalhos presenciais na sede do legislativo a atividade parlamentar teve continuidade. Nesta sessão remota, pioneira na história do legislativo potiguar, votamos 29 decretos da calamidade nos municípios. Entre os desafios que iremos enfrentar, precisamos conscientizar a nossa população que ficar em casa ainda é a melhor solução. Vamos seguir firmes, respeitando o isolamento social e acreditando que tudo vai passar", destacou Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da AL.

Com os decretos de estado de calamidade reconhecidos, as prefeituras passam a ter novos mecanismos para viabilizar e agilizar a obtenção de recursos junto aos governos estadual e federal. 

G1RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente