segunda-feira, 6 de abril de 2020

Deusdete compõe pré-nominata, e caso não seja cassado, deve disputar a reeleição

Com o fim do prazo de filiação pra quem quer ser candidato a vereador ou prefeito em 2020 ter assinado ficha partidária, finalmente se desenhou o retrato de cada grupo político em Angicos, assim como em cada cidade da região Central.

Nessa primeira análise, vamos falar do grupo da Situação local.

Nas articulações para manter um grupo de vereadores pra disputa, o prefeito de Angicos, Deusdete Gomes, manteve o nome do vereador Neto Maciel no quadro do PSDB, assim como teve a filiação da vereadora Edileuza Palhares, que abandonou o MDB pra se filiar a sigla tucana local.
Marinho vai tentar novamente uma vaga na câmara

O suplente de vereador Neto de Dezin permaneceu no grupo da Situação, assim como a vereadora Nataly Felipe. A sigla ainda vai contar com José Mário Marinho, suplente de vereador pelo PDT nas últimas eleições, que já  entregou a secretaria que comandava pra tentar novamente uma vaga de vereador.

Outros nomes devem também, reforçar o grupo que comanda a prefeitura de Angicos.

O gestor busca a reeleição, e caso não seja cassado, em processo no qual está sendo julgado, vai concorrer à reeleição.

Dono de acentuada rejeição e com desgaste na administração, mesmo assim ele deve colocar seu nome a disposição do grupo partidário. Não existe nenhum outro nome de peso trabalhado por ele que possa eventualmente vir a substitui-lo. Só mesmo uma eventualidade forçaria a uma mudança de atitude.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente