quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Galeria Sesc Cidade Alta reabre com exposição em formato virtual e gratuito

A galeria de exposições artísticas do Serviço Social do Comércio do RN (Sesc RN), entidade do Sistema Fecomércio, reabrirá em um novo formato, a partir desta quinta-feira,3, com o trabalho “Nação Zambêracatu”, do artista Pedro Feitoza. Até o fim do ano, outras mostras estarão à disposição do público, com acesso virtual e gratuito, na sessão de cultura do site sescrn.com.br.

O novo modelo funcionará com o auxílio da tecnologia, permitindo ao visitante um tour virtual, que pode contar com o acompanhamento dos mediadores em salas de reunião remotas. O trabalho de mediação é um dos diferenciais da galeria que permanece mesmo durante a pandemia. Para isso, a equipe do Sesc providenciou um espaço especial no site da instituição e a produção de conteúdos exclusivos, que permitem uma experiência diferente aos visitantes, entre eles, vídeo de arte educação. Além disso, a entidade será responsável por viabilizar o cachê dos artistas e materiais necessários para a montagem das exposições.

A exposição Nação Zambêracatu foi selecionada no edital da Galeria Sesc 2020 e permanece no espaço virtual até 21 de outubro, reunindo fotografias produzidas entre 2017 e 2020, de diversas apresentações públicas do grupo de mesmo nome. Ela se utiliza de imagens em cor e preto e branco produzidas nas três principais apresentações anuais; Batuque para a Rainha do Mar, Cortejo Abrindo Caminhos e Coroação da Rainha

A partir do dia 22, será a vez do trabalho da artista Thayná Almeida, com as “Frases de Busão”, que transformou em arte suas observações dentro do transporte público e ainda faz a reflexão sobre os aspectos sociais e como a mulher é retratada nestes ambientes.

“A galeria do Sesc Cidade Alta é uma das principais ferramentas de promoção à cultura da sociedade potiguar. Criada em 2015, já selecionamos e expomos mais de 30 projetos, atingindo quase 18 mil pessoas de maneira sistemática. Em 2020 apresentamos uma nova proposta com exposições virtuais para superar este momento de pandemia que exige o distanciamento social”, comenta Fernando Virgilio, diretor regional do Sesc RN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente