terça-feira, 17 de novembro de 2020

WhatsApp permitirá pagamentos em breve no Brasil, diz BC

Para acompanhar as evoluções trazidas pelo PIX nos últimos dias, o próximo passo do Banco Central (BC) será incluir o WhatsApp em pagamentos no Brasil. De acordo com o presidente do BC, Roberto Campos Neto, em breve será possível realizar transferências por meio do aplicativo do Facebook no estilo P2P (“peer to peer”). Outras empresas também estão mantendo contato com o BC neste sentido.

 

Quando questionado se estas operações estariam dentro do PIX, sistema instantâneo de pagamentos, ou não, Campos se limitou a responder que a empresa começará com transferências de valores entre pessoas no desenho P2P. O órgão também tem negociado pagamentos com o Google e outras gigantes da tecnologia, segundo o presidente do BC.

Campos ainda pontuou que estas big techs mostraram interesse em estar no Brasil, considerando o mercado consumidor “bastante amplo”, com “oportunidade na digitalização”.

 

"WhatsApp vai entrar, vai começar fazendo P2P em breve. Eu tenho conversado bastante com o CEO do WhatsApp, inclusive ele tem me dito que o processo no Banco Central foi mais rápido do que em outros países", disse Campos em coletiva de imprensa.

 

Além do P2P, o presidente do Banco Central também disse que o órgão pretende investir no P2M, possibilitando o pagamento entre pessoas e comércios. "Então estamos avançando bastante com o processo, vai começar com P2P e depois vai fazer P2M (transferência entre pessoas e estabelecimentos). Nossa única preocupação é passar por todos os critérios de aprovação e que tenhamos sistema que fomente competição, do mesmo jeito que estamos conversando com Google e com outros", acrescentou.

 

Pagamentos por WhatsApp

Mas mesmo antes das conversas com o BC, o WhatsApp já estava investindo em sistemas de pagamento dentro do aplicativo. A intenção é que o usuário não apenas converse com empresas pelo app, mas também inicie e finalize compras sem precisar recorrer a outros sistemas. Por isso, a chegada do WhatsApp Pay é tão eminente.

 

Na Índia, por exemplo, a função já está sendo testada e, segundo o presidente da Cielo, Paulo Caffarelli, espera-se que a funcionalidade também seja liberada no Brasil ainda neste mês. Basicamente, o WhatsApp Pay permite enviar e receber dinheiro de pessoas por meio do mensageiro.


Olhar Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Reflita, analise e comente